Andrés Sanchez diz que Omni é a melhor empresa do Brasil e garante que lucro é irrisório

Andrés Sanchez diz que Omni é a melhor empresa do Brasil e garante que lucro é irrisório

83 mil visualizações 287 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez elogiou a Omni, empresa responsável pelo Fiel Torcedor

Andrés Sanchez elogiou a Omni, empresa responsável pelo Fiel Torcedor

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das principais reclamações do torcedor do Corinthians nos últimos anos é direcionada ao Fiel Torcedor. Apesar do sucesso do programa, com mais de 100 mil participantes - número que varia para baixo e para cima -, o clube não consegue obter grande lucro com a arrecadação

De acordo com o balanço da última temporada, o valor arrecadado com o programa de sócio-torcedor foi de apenas R$ 7 milhões. Muito abaixo inclusive do próprio orçamento para o ano, que previa R$ 23 milhões. O documento alega que as situações da equipe e do próprio país em 2016 foram as causadoras do valor baixo do programa Fiel Torcedor, que é administrado pela Omni.

Leia mais: Sanchez abre o jogo sobre Arena, Roberto de Andrade, NRs, Tite, eleição e até Carille

Diante desse cenário e de toda a reclamação dos torcedores, inclusive do ex-jogador Neto, que cancelou seu plano, a reportagem do Meu Timão questionou Andrés Sanchez sobre o trabalho desenvolvido pela empresa Omni. De acordo com o ex-presidente alvinegro, a empresa é a melhor do país no ramo e a arrecadação de seus donos é irrisória.

"Eu fico triste (com a campanha do Neto). A Omni é a melhor empresa do Brasil para fazer ingresso. Isso está provado. Agora, quando se fala em 50%... primeiro que não é 50, é 55, 60%, depende da quantidade de ingresso que se venda. Toda a despesa de tecnologia, TI, de funcionário, tem mais de 120 funcionários, tudo isso é despesa da Omni. A empresa não ganha 40%, ela tem despesa, não chega nem a 3% do total, mas as pessoas falam, estamos num país democrático e as pessoas falam o que querem. Cada um tem o direito de falar o que quer, mas infelizmente são mal informados", afirmou Sanchez.

Questionado sobre a possibilidade de fazer um reajuste na distribuição de valores entre a empresa e o Corinthians, Andrés garante que a diretoria do Timão trabalha por melhorias. Por fim, o ex-presidente volta a afirmar que nenhuma outra empresa de venda de ingressos aceitaria o valor que é pago hoje à Omni.

"Sempre há possibilidade de ajustes. Desde 2008, quando iniciou, sempre houve ajustes. Agora, todo dia a diretoria está trabalhando em cima disso para melhorar", declarou. "Quem trabalha nesse meio por menos de 15%? Se você me achar uma empresa de ingresso que cobre menos de 15% do total, é só me dizer", completou Sanchez.

De acordo com o ex-diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg, o acordo inicial entre clube e empresa, feito na temporada 2008, era diferente do que é realizado hoje em dia. Essa relação da Omni com o Corinthians foi lembrada pela reportagem do Meu Timão como um dos motivos para a queda do número de adimplentes no início deste ano.

Em tempo: no jogo Brasil x Paraguai, realizado na Arena Corinthians, pela Eliminatória da Copa do Mundo, a CBF reclamou do sistema de venda utilizado pela Omni.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Fiel Torcedor e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Sornoza fez boa temporada no Fluminense; meia já foi finalista da Libertadores com o Independiente del Valle

    Sem envolver jogadores, Corinthians e Fluminense chegam a acordo por transferência de Sornoza

    ver detalhes
  • Contratação de Ramiro foi aprovada pela torcida do Corinthians

    Torcida do Corinthians aprova contratação de Ramiro em enquete avassaladora

    ver detalhes
  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes