Corinthians volta a mostrar força na Arena, vence o Bahia e consolida liderança

Corinthians Corinthians 3 x 0 Bahia Bahia

Brasileirão 2017

Corinthians volta a mostrar força na Arena, vence o Bahia e consolida liderança

Jô voltou a deixar o dele nesta quinta-feira; centroavante já soma 12 gols no ano

Jô voltou a deixar o dele nesta quinta-feira; centroavante já soma 12 gols no ano

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Quem para o Corinthians de Fábio Carille? Líder da Série A e invicto há mais de três meses, o Timão derrotou o Bahia por 3 a 0 nesta noite de quinta-feira, na Arena Corinthians, pela nona rodada do Brasileirão. Os gols foram marcados por , artilheiro do time em 2017 com 12 gols, Balbuena, que voltou a prestar continência à Fiel, e Marquinhos Gabriel, em grande fase com a camisa alvinegra.

A partida entre paulistas e baianos teve um ponto negativo. O volante Gabriel, titular absoluto da equipe, levou dois cartões amarelos e, consequentemente, acabou expulso. O camisa 5 será desfalque do Timão diante do rival Grêmio, vice-líder, no próximo domingo, na Arena do Grêmio.

Primeiro tempo

O líder Corinthians não demorou a mostrar sua força dentro de casa, embora tenha sido o Bahia o primeiro a levar perigo ao gol adversário. Aos seis minutos, Zé Rafael aproveitou passe rasteiro de Allione para emendar chute forte no canto direito de Cássio, que espalmou para fora e livrou o Timão de sofrer o primeiro gol da noite.

A resposta corinthiana foi imediata. Jô, referência do ataque armado por Fábio Carille, arrancou pelo lado direito e, à la Sócrates, tocou de calcanhar para Rodriguinho, posicionado no centro da área baiana. Antes de o camisa 26 finalizar e, provavelmente, abrir o placar da Arena, Jadson se antecipou e facilitou a defesa do time de Salvador.

Compacto defensivamente e ágil na transição ao ataque, o Timão de Carille abriu vantagem sobre o Bahia com Jô. O camisa 7, após bela assistência de Fagner, ficou cara a cara com Jean, driblou o goleiro e arrematou rasteiro de perna direita para a explosão dos mais de 30 mil alvinegros presentes em Itaquera. Foi o 12º gol do centroavante na temporada, o quinto no Brasileirão.

Elenco comemora gol de Jô sobre o Bahia

Elenco comemora gol de Jô sobre o Bahia

Reprodução/Premiere

Quem foi à Arena Corinthians viu um primeiro tempo disputado, com chances para as duas equipes. A vantagem dos donos da casa só não foi maior porque Jô perdeu grande chance dentro da área do Bahia, mas nada que atrapalhasse os planos do Timão ao longo dos 45 minutos iniciais.

“Tem que concentrar. A primeira era só para acertar o gol. Na outra consegui driblar o goleiro e fiz o gol. Estamos acelerando o jogo na hora errada, mas é normal, é vontade de ganhar. O time tá no caminho certo”, analisou Jô, satisfeito com o triunfo parcial.

Leia também: Felipe vai à Arena Corinthians e é ovacionado pela torcida; zagueiro pode render milhões

Segundo tempo

Os planos de Corinthians e Bahia mudaram rapidamente na segunda etapa. Isso porque Gabriel e Renê Júnior levaram o segundo cartão amarelo no jogo e acabaram expulsos pelo árbitro paraense Dewson Fernando Freitas da Silva. As decisões do juiz motivaram discussões entre os atletas, encerradas pela “turma do deixa-disso”.

Carille logo promoveu sua primeira alteração: sacou Jadson para a entrada de Marquinhos Gabriel, utilizado ao longo dos compromissos em que o camisa 10 esteve ausente. Depois, chamou Camacho no lugar de Rodriguinho, visivelmente desgastado fisicamente.

Motivado pelas substituições ou não, o Corinthians pressionou o Bahia e chegou ao segundo gol com Balbuena. Após cobrança de escanteio, que contou com desvio do compatriota Romero, o zagueiro só empurrou para o fundo da rede.

Ainda teve tempo para mais um, depois de Kazim deixar o banco de reservas na vaga de Jô. No apagar das luzes, Marquinhos Gabriel aproveitou vacilo da defesa baiana, jogou por cima de Jean e fechou o placar na Arena Corinthians: 3 a 0, fora o baile...

Pode festejar, Fiel. A “quarta força” agora tem sete vitórias em nove rodadas, um aproveitamento superior a 85% dos pontos em disputa. Que venha o vice Grêmio! Segue o líder!

Escalações

Corinthians: Cássio; Fagner (capitão), Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Rodrigo Becão e Matheus Reis; Renê Júnior, Feijão, Vinicius, Zé Rafael e Allione; Edigar Junio

Veja mais em: Crônica, , Campeonato Brasileiro e Gabriel.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Bahia

  • 1000 caracteres restantes