Balbuena faz golaço de cabeça, e líder Corinthians vence Fluminense pelo Brasileirão

Corinthians Corinthians 1 x 0 Fluminense Fluminense

Brasileirão 2017

Balbuena faz golaço de cabeça, e líder Corinthians vence Fluminense pelo Brasileirão

Balbuena subiu mais alto do que todo mundo para marcar o gol do Corinthians

Balbuena subiu mais alto do que todo mundo para marcar o gol do Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

No melhor estilo Fábio Carille, o Corinthians foi mais uma vez cirúrgico e, na tarde deste domingo, venceu o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Deixando de lado a posse de bola e aproveitando-se de jogadas bem trabalhadas, o Timão chegou ao gol com um cabeceio para lá de bonito do zagueiro Balbuena.

Com o resultado, o Corinthians voltou a vencer após dois empates consecutivos contra Atlético-PR e Avaí e chegou à marca de 40 pontos no Brasileirão, se isolando ainda mais na liderança invicta. Por ora, o Timão abriu nove pontos de distância para o vice-líder Grêmio, que joga contra o São Paulo, no Morumbi, na noite de segunda.

Vale lembrar que o Corinthians teve neste domingo o desfalque de dois de seus titulares habituais: Pablo e Jadson, que estão no departamento médico e voltam à equipe apenas no segundo turno do Brasileirão. Marquinhos Gabriel, suspenso, também foi baixa.

Assim, o Timão começou escalado com: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Rodriguinho e Romero; Jô.

Em tempo: o Corinthians agora volta suas atenções para a Copa Sul-Americana, já que recebe o Patriotas na quarta-feira. No domingo, aí sim pela 17ª rodada do Brasileirão, também em casa, encara o Flamengo.

Primeiro tempo

Clichê à parte, Corinthians e Fluminense disputaram 45 minutos iniciais muito estudados. O Timão abdicou da posse de bola e jogou na base da velocidade em contra-ataques bem estruturados. Os cariocas apostaram de enfiadas de bola e lançamentos em direção a Henrique Dourado.

A verdade é que os sistemas defensivos de ambas as equipes é que se destacaram. A melhor oportunidade de gol saiu dos pés de Giovanni Augusto. Aos 17 minutos, o meia arriscou um chute rasteiro de longa distância. A bola "tirou tinta" da trave direita do goleiro Júlio César e saiu pela linha de fundo.

Destaque para a ótima atuação de Romero, infernizando a vida do lateral Renato. Em determinado lance, deu uma caneta em Henrique Dourado, que na sequência perdeu a linha e fez falta dura no paraguaio. Já nos minutos finais, foi agredido por Léo após perder uma dividida pelo alto.

E foi justamente Romero quem ainda protagonizou a segunda e última chance do Corinthians no primeiro tempo. O camisa 11 disparou pela esquerda e, na entrada da área, bateu cruzado. A bola passou à esquerda do goleiro Júlio César.

Segundo tempo

Ao contrário da etapa inicial, os jogadores tanto do Corinthians quanto do Fluminense se lançaram ao ataque desde o início do segundo tempo. E foi o Timão que se deu melhor nessa história.

Aos 14 minutos, Giovanni Augusto bateu escanteio com precisão mirando Balbuena. Mesmo longe da meta adversária, o zagueiro subiu absurdamente mais alto do que Henrique, seu marcador, e cabeceou com força no canto esquerdo de Júlio César. Golaço de cabeça do líder do Brasileirão!

Balbuena abraça Giovanni Augusto durante comemoração

Balbuena abraça Giovanni Augusto durante comemoração

Reprodução/TV

O Fluminense até sentiu o baque, mas não demorou para criar a primeira oportunidade de empatar a partida. Scarpa, da entrada da área, bateu rasteiro. Cássio se esticou todo, mas foi a trave que impediu a bola de balançar as redes corinthianas.

Com o passar do tempo, o Corinthians voltou a controlar a partida. Com toques curtos e envolventes, o ataque alvinegro entrou na grande área do Fluminense. Rodriguinho ficou com a pelota frente a frente com Júlio César, mas bateu para a linha de fundo.

Com relação a substituições, o técnico Fábio Carille precisou sacar Romero por causa de dores na coxa, dando assim oportunidade para Clayson. Ainda entraram Pedrinho e Camacho nas vagas de Giovanni Augusto e Rodriguinho, respectivamente.

Vale ainda destacar algumas chances de gol criadas pelo Fluminense nos minutos finais – a arbitragem deu seis minutos de acréscimos, dando ares de muita emoção à partida.

Peu chutou e a bola explodiu em Balbuena. No rebote, Matheus Alessandro ficou cara a cara com Cássio, que acabou driblado. A zaga apareceu para tirar o perigo providencialmente. Somente depois, contudo, a arbitragem viria a paralisar o lance por impedimento (mal assinalado, por sinal).

Pouco depois, bate e rebate na pequena área do Corinthians, Peu chutou de qualquer jeito no canto direito de Cássio. O arqueiro, bem posicionado e dando show de reflexo, salvou a pátria alvinegra.

Por fim, ainda houve um gol bem anulado do Fluminense. Já no apagar das luzes, a bola sobrou para Richarlison, que à frente da zaga corinthiana, balançou as redes de Cássio. O impedimento, contudo, foi sinalizado pela arbitragem.

No fim das contas, vitória do Corinthians (do jeito que a Fiel gosta) no Maracanã!

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Fluminense

  • 1000 caracteres restantes