Corinthians martela Atlético-GO, mas perde gols incríveis e é derrotado de novo na Arena

Corinthians Corinthians 0 x 1 Atlético-GO Atlético-GO

Brasileirão 2017

Corinthians martela Atlético-GO, mas perde gols incríveis e é derrotado de novo na Arena

Corinthians, que teve Moisés na lateral esquerda, acabou derrotado neste sábado

Corinthians, que teve Moisés na lateral esquerda, acabou derrotado neste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mais uma vez, pelo segundo sábado consecutivo, o líder Corinthians foi derrotado em plena Arena para uma equipe que luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Após muito martelar o Atlético-GO, perdendo gols inacreditáveis com Clayson e Kazim, o Timão saiu de campo com um revés de 1 a 0 no placar, na noite deste sábado, pela 22ª rodada.

Com o resultado, o líder Corinthians estaciona nos 50 pontos. Como o vice-líder Grêmio não joga neste fim de semana (partida adiada para o próximo sábado), o Timão, por ora, mantém a vantagem de dez pontos na ponta da classificação. O lanterna Atlético-GO, por sua vez, chegou aos 18 pontos e diminuiu para cinco a distância para o vice-lanterna Avaí.

Vale destacar que o Corinthians entrou em campo sem quatro de seus titulares: machucados, Balbuena e Guilherme Arana foram baixas; suspensos, Ángel Romero e Jô também não puderam jogar. Assim, o Timão foi escalado com: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Moisés; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Clayson; Kazim.

Em tempo: por conta da paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização de jogos das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018, o Corinthians volta a jogar apenas no próximo dia 10, quando visita o Santos na Vila Belmiro em clássico válido pela 23ª rodada.

Primeiro tempo

Como era de se esperar, o líder Corinthians dominou o lanterna Atlético-GO em todos os fundamentos e critérios possíveis. Isso não proporcionou, no entanto, nenhuma bola na rede da equipe goiana. E olha que chances não faltaram...

Aproveitando-se de um horripilante time do Atlético-GO, o Corinthians não demorou para criar a primeira oportunidade de gol. Após falta sofrida por Jadson na entrada da área, pela direita, Maycon encobriu a barreira adversária e viu o goleiro Marcos fazer defesa tranquila.

Menos de dez minutos depois, foi a vez de Fagner assustar o arqueiro do Atlético-GO. O camisa 23 desarmou um jogador adversário e rolou para Clayson. O atacante cruzou, Kazim dividiu com a zaga e na sobra quem apareceu foi justamente Fagner para chutar rente à trave direita de Marcos.

Rapidamente, o Corinthians construiu outra boa chance com Kazim. O "gringo da favela" recebeu passe de Rodriguinho, ajeitou já dominando para o chute e então soltou a bomba. Marcos se esticou e espalmou a bola.

Percebendo que a retranca do Atlético-GO estava atrapalhando as subidas ao ataque, o Corinthians decidiu arriscar de fora da área. E foi assim que quase balançou as redes, com chutes de Moisés, tirando tinta do travessão, e Fagner, acertando a trave direita de Marcos.

Segundo tempo

Ciente de que sua equipe praticamente não sofreu ataques do Atlético-GO, o técnico Fábio Carille decidiu ousar na volta do intervalo. Logo de cara, sacou Gabriel para dar chance a Camacho, visando assim mais ofensividade. E não é que, logo no segundo minuto, o treinador acabou "castigado"?!

Bruno Pacheco cobrou escanteio fechado, no primeiro pau e viu o zagueiro Gilvan aparecer para cabecear. Kazim, que estava destacado na marcação, não conseguiu impedir a finalização e apenas assistiu às redes de Cássio serem balançadas.

Na sequência, o Corinthians tentou colocar a bola no chão e, pacientemente, buscar chances de empatar a partida. Pouco mais de dez minutos após levar o tento de Gilvan, o Timão chegou com bastante perigo ao ataque: Jadson cruzou, Rodriguinho cabeceou e Marcos espalmou a bola. No rebote, com a meta livre a sua frente, Clayson testou... para fora!

Em seguida, foi a vez de Kazim perder o gol. E em lance ainda mais inacreditável! Camacho, de cavadinha, jogou a bola na grande área. Após bate e rebate da zaga do Atlético-GO, Kazim ficou com a pelota de frente para a meta adversária e chutou... para defesa incrível do goleiro Marcos.

Carille, então, decidiu mexer mais uma vez na equipe: tirou Jadson, que voltava de lesão, e colocou Marquinhos Gabriel. Mas foi o Atlético-GO quem achou uma boa chance na sequência. Em contra-ataque bem armado, Walter ficou com a bola pela direita e arriscou o chute cruzado, obrigando Cássio a fazer grande defesa.

E aí o treinador corinthiano decidiu gastar sua última ficha: tirou o lateral-esquerdo Moisés e promoveu a estreia profissional do atacante Carlinhos. E aí, meu amigo... Tome pressão do Timão!

Aos 30 minutos, Camacho soltou bomba de fora da área e viu a bola passar perto do canto direito de Marcos. Aos 37, Carlinhos recebeu cruzamento e cabeceou, mas não pegou bem na bola e viu o goleiro fazer tranquila defesa. E no fim das contas, ficou nisso. O Timão não conseguiu furar a retranca do Atlético-GO.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Atlético-GO

  • 1000 caracteres restantes