Feliz com elogios, Carille projeta carreira de sucesso na Europa após deixar Corinthians

Feliz com elogios, Carille projeta carreira de sucesso na Europa após deixar Corinthians

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Treinador quer ser pioneiro no quesito sucesso em terras europeias

Treinador quer ser pioneiro no quesito sucesso em terras europeias

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em sua temporada de estreia como treinador, Fábio Carille não cansa de surpreender. Campeão paulista e agora líder do Brasileirão, o comandante do Corinthians já é colocado como um dos principais nomes do país em sua função. O sucesso é tanto que, na última segunda-feira, o ex-presidente do clube, Andrés Sanchez, cravou Carille como substituto de Tite na Seleção. Embora feliz com a afirmação, o técnico tem outros planos para sua carreira.

"Não sabia que ele tinha falado isso, achei legal, fiquei surpreso. Sou um cara com pés no chão, mas sempre busco objetivos maiores. As coisas aconteceram rápido para mim, e tenho falado que muitas coisas tem me surpreendido", comemorou, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

"Por exemplo, estou dando muitas entrevistas para mídia estrangeira. Então, é um objetivo sim (fazer sucesso na Europa), quem sabe um dia, tenho que sonhar alto sim. Um dos objetivos é esse, quem sabe minha geração seja a pioneira em fazer sucesso no futebol europeu. São objetivos que a gente tem que traçar e trabalhar pra fazer acontecer lá na frente", completou, projetando seus próximos passos.

Leia também:
Conheça os dois jovens da base do Corinthians que já estão nos planos de Carille para 2018
Técnico do Corinthians 'se define' em programa de TV: 'É meu jeito de ser e não vou mudar isso'
Carille frisa sequência na estratégia do Corinthians e afasta preocupação com críticas

Destaque na mídia internacional e cada vez mais reconhecido no Brasil, Carille se mantém tranquilo e não quer se deixar levar pela onda de confiança. Experiente no futebol, o treinador sabe o quão rápido mudam as opiniões. Um exemplo disso é o ano alvinegro, que começou cercado de desconfianças e agora tem todos os holofotes voltados para si.

"Quando se ganha, teu grupo tem que saber porque ganhou e quando perde também. No começo eu era visto com uma desconfiança em cima do meu trabalho, procurei não acreditar nisso, e agora me colocam como um dos melhores, mas não entro nessas ideias, sigo com as minhas convicções", concluiu.

O comandante do Corinthians tem contrato com o clube até dezembro deste ano. Segundo o colunista do Meu Timão, Marco Bello, ele já conversa com a diretoria para renovar por mais três temporadas.

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Roberto de Andrade atrasaram pagamento de premiações ao elenco

    Corinthians priorizou grana da Copa do Brasil para pagar premiações atrasadas aos jogadores

    ver detalhes
  • Carlinhos está em processo de transição do DM para o gramado no CT do Corinthians

    Carlinhos publica imagens de recuperação no CT do Corinthians; veja situação do atacante

    ver detalhes
  • Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

    Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes