Distanciamento da atual gestão e problemas externos dificultam eleição de Andrés Sanchez

22 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Andrés Sanchez é o candidato da situação para a eleição de 2018

Andrés Sanchez é o candidato da situação para a eleição de 2018

Meu Timão / Rodrigo Vessoni

As eleições do Corinthians estão marcadas para o dia 3 de fevereiro. Entre os cinco candidatos, Andrés Sanchez, representante da situação, tem certo favoritismo por toda a história como presidente do clube. A reeleição do deputado, no entanto, deve ser dificultada por uma série de problemas.

O primeiro desses fatores é a base política fragilizada nos últimos anos. No poder desde 2007, a chapa Renovação & Transparência sofreu algumas baixas recentes. Os próprios candidatos da oposição são prova disso. Felipe Ezabella era vice-presidente de esportes terrestres na gestão de Sanchez, e levou consigo uma série de ex-apoiadores da situação.

Leia também:
Ex-presidentes do Corinthians declaram apoio a Citadini em almoço em SP
Conselheira é vetada da chapa de Andrés Sanchez no Corinthians e alega machismo: 'Fiquei sem chão'
Andrés Sanchez pode perder foro privilegiado se cumprir promessa de campanha no Corinthians

Quem também está recebendo apoio de gente importante na trajetória da atual gestão é Antonio Roque Citadini. O candidato tem como aliado uma série de apoiadores do ex-presidente Mário Gobbi, que também o apoia timidamente nos bastidores. As informações são da UOL Esporte.

Se com os membros de sua chapa o prestígio já não parece ser o mesmo, em âmbito geral a força interna de Sanchez tem sido questionada. Em outubro deste ano, Andrés era contra a formação de "chapinhas" para as eleições. Mesmo assim, a mudança venceu a votação e acabou com o chamado "chapão" para o Conselho Deliberativo alvinegro.

Com a mudança do panorama interno, Sanchez também tem que lidar com situações complicadas externamente. Denunciado pelo Superior Tribunal Federal por crime tributário, o candidato pode ser julgado a qualquer momento. A eleição pode, inclusive, acabar com seu foro privilegiado no caso, visto que ele deve se afastar da função de deputado caso assuma o Corinthians.

Veja mais em: Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Sorteio de grupos do Paulistão 2020 aconteceu nessa terça-feira

    FPF sorteia, e Corinthians conhece seu grupo e adversários do Paulistão 2020; veja como ficaram

    ver detalhes
  • Conselho Técnico com os 16 clubes e a FPF definiu detalhes do Paulistão 2020

    Paulistão 2020 tem mudança no número de datas, mantém inscrições e terá VAR; veja detalhes

    ver detalhes
  • Everaldo treinou com bola nesta terça-feira no CT do Corinthians

    Everaldo e Júnior Urso treinam com bola: veja projeção para volta de cada um ao Corinthians

    ver detalhes
  • Jogadores treinaram em campos distantes da imprensa no CT do Corinthians

    Veja o que Corinthians aprimora em treino pré-clássico; Fagner e Avelar ausentes

    ver detalhes
  • Júnior Urso defendeu o trabalho de Fábio Carille no Corinthians

    Júnior Urso defende trabalho de Carille no Corinthians e rebate críticas ao desempenho da equipe

    ver detalhes
  • O Corinthians decidiu recorrer às multas aplicadas pela Conmebol na partida contra o Del Valle

    Corinthians decide recorrer de multa pesada aplicada pela Conmebol

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: