Corinthians corre risco de novo desmanche? Jadson e Balbuena respondem

Corinthians corre risco de novo desmanche? Jadson e Balbuena respondem

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

5.7 mil visualizações 67 comentários Comunicar erro

Carille (à dir.) já partiu; Jadson e Balbuena estão em alta, mas querem ficar

Carille (à dir.) já partiu; Jadson e Balbuena estão em alta, mas querem ficar

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A janela de transferências de inverno do Brasil nem mesmo abriu e já há corinthiano preocupado quanto a um possível desmanche do atual elenco, recém-campeão paulista. Muito em função de uma entrevista recente concedida pelo presidente Andrés Sanchez, na qual prevê a saída de até três atletas titulares. Por isso, nada melhor do que ouvir os próprios!

Em entrevista na zona mista da Arena Corinthians após a vitória sobre o América-MG, na noite da última quinta-feira, o meia Jadson foi sincero ao comentar o assunto. O camisa 10 possui contrato com o Timão somente até dezembro, mas já avisou que pretende seguir no clube em 2019.

Ainda não tive nenhuma conversa, mas eu sei que uma hora ou outra vai haver. Estou tranquilo, tenho contrato até o fim do ano, tenho que continuar fazendo meu trabalho, ajudando a equipe e esperar a diretoria abrir as conversas pra ver o que vai acontecer”, afirmou Jadson.

Leia também:
Acusado de não ter boa relação com Loss, Balbuena responde e ironiza jornalista de rádio
Paulo Roberto diz entender reclamações, mas pede paciência à torcida do Corinthians

Na visão do armador, a possibilidade de o Corinthians perder jogadores importantes após a parada para a Copa do Mundo (entre junho e julho) é real. No entanto, o armador é otimista:

“Isso faz parte do futebol. Quando chega uma proposta e o jogador que sair, é difícil pro clube segurar. Mas acho que, independente de quem saia ou fique, o comprometimento e entrega vão ser os mesmos do começo do ano. Vamos em busca da vitórias, e com o apoio da torcida isso é fundamental”, enfatizou.

Pode sair, J10?

Perguntado se há chance de eventual transferência nos próximos meses, Jadson é reticente. O armador entende que dificilmente deixará o Parque São Jorge antes do término do vínculo vigente. “Não, tenho contrato até o final do ano, não tem risco, não, vou ficar por aqui mesmo (risos)”, avisou.

Balbuena foi outro a falar do futuro antes de deixar a Arena Corinthians. Apesar de ter renovado recentemente (até 2021), o zagueiro se tornou um dos mais valorizados nomes do atual plantel e, inclusive, é acompanhado de perto pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, que já acenou com oferta de até 6 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões), como noticiou o Meu Timão no início da semana.

Sincero, o camisa 4 evitou cravar sua permanência no Corinthians. Também argumentou que, ao fazer promessas e quebrá-las no futuro, sairia como “mentiroso” para a torcida, o que está longe de querer...

“Esse tipo de pergunta é que gera manchetes. É difícil falar, não sei se vou estar vivo amanhã, depois de amanhã, ninguém pode cravar futuro. Antes de renovar, eu não cravava que ia renovar, e depois de renovar falo a mesma coisa. Posso falar que vou ficar, amanhã saio e fico como mentiroso. Ou o contrário. O futuro é muito incerto, tento pensar no meu trabalho aqui”, completou.

Entenda como o Corinthians se prepara para a janela de transferências

Veja mais em: Jadson, Balbuena, Mercado da bola, Andrés Sanchez, Arena Corinthians e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Avelar deu assistência para o gol de Jadson, mas não impediu os tentos do Vitória

    Com críticas 'de A a Z', Fiel repercute empate do Corinthians nas redes sociais

    ver detalhes
  • Clayson levou o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Bahia, sábado, na Arena

    Corinthians perde dois atacantes para o jogo contra o Bahia pelo terceiro cartão amarelo

    ver detalhes
  • Roger viveu tarde de quase herói diante do Vitória, mas o clube baiano chegou ao empate no fim

    Roger reclama de lance de falta no segundo gol do Vitória contra Corinthians e detona arbitragem

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes