Corinthians abdica de jogar, perde do Flamengo e despenca na classificação do Brasileirão

Corinthians Corinthians 0 x 1 Flamengo Flamengo

Brasileiro 2018

Corinthians abdica de jogar, perde do Flamengo e despenca na classificação do Brasileirão

57 mil visualizações 2.036 comentários Comunicar erro

Corinthians de Rodriguinho pouco criou e perdeu para o Flamengo no Maracanã

Corinthians de Rodriguinho pouco criou e perdeu para o Flamengo no Maracanã

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians adotou postura excessivamente defensiva, "fugiu" da posse de bola e acabou derrotado por 1 a 0 na tarde deste domingo, para o Flamengo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, com gol de Felipe Vizeu. Foi a terceira derrota em quatro jogos do técnico Osmar Loss no comando do Timão.

Leia também: Jadson sente dores na perna direita e deixa o gramado do Maracanã ainda no primeiro tempo

Em termos de classificação, o Corinthians caiu da terceira para a oitava posição, sendo ultrapassado por Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Sport e Palmeiras na rodada. E ainda pode piorar: o Fluminense, que enfrenta o Paraná nesta segunda, pode também tomar a dianteira em relação ao Timão, que enfrentou o Flamengo podendo alcançar a liderança.

Vale destacar que o Corinthians entrou em campo com uma modificação em relação ao time que batera o América-MG na última quinta: Maycon voltou de suspensão e assumiu a vaga de Paulo Roberto. Assim, Loss escalou: Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Mateus Vital.

Em tempo: o Corinthians volta a jogar na noite desta quarta-feira, às 21h, na Arena, em Itaquera, em clássico contra o Santos. O jogo será válido pela décima rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo

Goste ou não da proposta, o torcedor do Corinthians tem de admitir: a equipe de Osmar Loss foi bastante eficiente dentro de sua estratégia nos primeiros 45 minutos de jogo. Praticamente só se defendendo na primeira etapa, o Timão fez os jogadores flamenguistas se desgastarem. Paralelamente, o esquadrão alvinegro apostou em um ou outro contra-ataque.

Ao longo dos primeiros 30 minutos de jogo, o Corinthians teve incríveis 17% de posse de bola apenas. A pressão do Flamengo, por sua vez, levou perigo ao gol de Walter em poucas oportunidades, principalmente por meio dos pés de Vinícius Júnior e Henrique Dourado.

Aos 31 minutos é que o Timão construiu sua primeira chance de gol: Jadson arriscou chute cruzado da entrada da área e obrigou Diego Alves a fazer grande defesa - ainda que a arbitragem tenha sinalizado, erroneamente, tiro de meta. No mesmo lance, o camisa 10 do Corinthians sentiu dores e pediu para ser substituído.

Roger entrou em campo, o sistema tático foi alterado do 4-2-4 para o 4-2-3-1 e o Corinthians conseguiu ficar mais tempo com a bola nos pés. Os cruzamentos também passaram a ser adotadas pelo Timão, que agora via no camisa 9 a principal esperança de abrir o placar. Mas foi o volante Gabriel, com uma bomba de fora da área, quem ainda deu trabalho a Diego Alves antes do intervalo. Nada de gols na primeira metade da partida!

Segundo tempo

O princípio de boa impressão ofensiva deixada pelo Corinthians nos minutos finais do primeiro tempo não teve continuidade na etapa complementar. Não à toa, o Flamengo voltou a dominar a posse de bola e construir as melhores oportunidades de gol - agora sob bastante influência do meia Diego, mais ativo do que nos 45 minutos iniciais.

Percebendo a inércia corinthiana, Osmar Loss decidiu mexer na equipe aos 29 minutos. Marquinhos Gabriel deixou o banco de reservas e entrou no lugar de Pedrinho, que havia dado um dos únicos chutes a gol do Timão no segundo tempo.

A substituição não surtiu efeito. A pressão do Flamengo seguiu, e o tão maduro gol rubro-negro viria a sair aos 34 minutos. Lucas Paquetá deu chute perfeito em direção ao ângulo corinthiano, mas Walter salvou com uma defesa milagrosa. No rebote, porém, Felipe Vizeu apareceu livre na pequena área para estufar as redes alvinegras.

Com uma última alteração na manga, Loss tentou jogar sua equipe para o ataque escalando o centroavante Colin Kazim no lugar do volante Gabriel. Mais uma vez, a substituição não mudou o panorama da partida. E o excessivamente defensivo Corinthians saiu de campo derrotado no Maracanã...

Polêmica - no último lance, cabe registrar, o árbitro Anderson Daronco soou o apito final durante um ataque do Corinthians, num bate-rebate na grande área flamenguista. A atitude do juiz gerou um princípio de revolta dos jogadores alvinegros ao término da partida.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes