Ángelo Araos será o quinto chileno a vestir a camisa do Corinthians; histórico não é bom

Ángelo Araos será o quinto chileno a vestir a camisa do Corinthians; histórico não é bom

6.3 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Ángelo Araos já treinou normalmente com o grupo do Corinthians nesta terça-feira

Ángelo Araos já treinou normalmente com o grupo do Corinthians nesta terça-feira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians apresentou o meia Ángelo Araos oficialmente na tarde desta terça-feira no CT Joaquim Grava. O jogador, que já está regularizado na Confederação Brasileira de futebol, já vestiu a camisa do Timão pela primeira vez. Liberado para entrar em campo, o jovem de 21 anos será o quinto chileno a vestir a camisa do Timão em quase 108 anos de história. A informação é do Almanaque do Timão, de Celso Unzelte.

Leia também:
Versátil e 'enganche': Loss elogia características de corinthiano Ángelo Araos
Araos usa redes sociais para festejar chegada ao Corinthians: 'Equipo más fuerte de Brasil'

O mais novo representante do país de Pablo Neruda não terá vida fácil para brilhar. Ao menos, diante do histórico dos seus compatriotas no Parque São Jorge. Nenhum dos quatro anteriores conseguiu se destacar e arrancar suspiros do torcedor corinthiano.

O Meu Timão relembra agora a trajetória dos quatro chilenos anteriores a Ángelo Araos. Confira abaixo:

Júlio César (ponta-direita, 1982)

Júlio Cesar, ponta-direita, atuou pelo Timão na temporada 1982

Júlio Cesar, ponta-direita, atuou pelo Timão na temporada 1982

Reprodução/Internet

Nascido em Viña del Mar, o atacante atuou somente em alguns amistosos, além da Taça dos Campeões, torneio realizado pela CBF para preencher dois meses entre o fim do Brasileirão e o início da Copa do Mundo na Espanha, em 1982. Foram apenas cinco jogos com a camisa do Corinthians. Após encerrar a carreira, Júlio César perdeu a audição e resolveu desenvolver o projeto Educação Integral do Surdo Através do Esporte, além de escrever sua autobiografia "Jogadas da Vida - Uma História de Amor e Superação". Um dos lançamentos, inclusive, ocorreu no Parque São Jorge.

Johnny Herrera (goleiro, 2006)

Johnny Herrera, goleiro que não deixou saudade no Corinthians

Johnny Herrera, goleiro que não deixou saudade no Corinthians

Reprodução/Internet

Nascido em Angol, o goleiro teve uma passagem rápida e apenas discreta pelo Corinthians. Foram apenas nove jogos disputados, com 13 gols tomados, já que iniciou atrás de Silvio Luiz e Marcelo. O "Superboy", como era chamado pela torcida da Universidad de Chile, nunca deu confiança à Fiel. Seu principal momento foi na vitória sobre a Universidad Católica, rival do clube de coração no seu país, pela Libertadores. O Corinthians venceu, por 3 a 2, com algumas boas defesas de Johnny Herrera.

Cristian Suárez (zagueiro, 2008)

Cristian Suárez atuou apenas quatro vezes pelo Timão

Cristian Suárez atuou apenas quatro vezes pelo Timão

Reprodução/Internet

Nascido em San Felipe, o defensor chegou emprestado pelo Unión San Felipe, de sua cidade natal, mas teve uma passagem relâmpago pelo Corinthians. Foram apenas quatro jogos com a camisa do Timão (um amistoso, um pela Copa do Brasil e dois pelo Paulistão). Sem nível para atuar na equipe de Mano Menezes no início da temporada que marcou a reconstrução do clube, o zagueiro acabou reemprestado ao Chacarita Juniors, da Argentina. Quase sempre é colocado em listas de estrangeiros que não vingaram no Corinthians e no futebol brasileiro.

Claudio Maldonado (volante, 2013)

Maldonado foi convidado por Edu Gaspar para atuar em 2013

Maldonado foi convidado por Edu Gaspar para atuar em 2013

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nascido em Curicó, o volante chegou bastante veterano ao Corinthians (33 anos) e não deu certo. Foram apenas oito jogos com a camisa alvinegra, sem qualquer brilho, em meio a um momento complicado da equipe de Tite no Brasileirão. O jogador havia chegado ao CT Joaquim Grava apenas para tratar de uma lesão grave no joelho, mas acabou contratado por seis meses (empréstimo). Edu Gaspar, com aval de Tite, foi o responsável pelo convite para que o chileno atuasse na equipe. Fazia parte do elenco que conquistou a Recopa Sul-Americana em 2013, mas não entrou em campo. Hoje é auxiliar do Colo Colo, rival do Corinthians nas oitavas da Copa Libertadores.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians, Ángelo Araos e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes
  • Corinthians passou a levar mais torcedores na Arena após diminuição dos valores

    Corinthians diminui valor de ingresso e vê médias de público e renda aumentarem no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes