Ceará-08 x Ceará-18: a revolução do Corinthians após o jogo do acesso à Série A

7.7 mil visualizações 26 comentários

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

Torcida do Corinthians no histórico jogo de outubro de 2008 contra o Ceará

Torcida do Corinthians no histórico jogo de outubro de 2008 contra o Ceará

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Corinthians e Ceará se enfrentam na noite desta quarta-feira, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. Há quase dez anos, as equipes duelavam pela Série B num embate que sacramentou o retorno do Timão à elite do futebol nacional – com gols de Chicão e Douglas, venceu o esquadrão cearense por 2 a 0 no Pacaembu. Nesta década que separa os dois jogos citados, o clube do Parque São Jorge passou por uma espécie de revolução.

E é isso que o Meu Timão mostra abaixo!

Chegada de Ronaldo Fenômeno

Ronaldo foi contratado pelo Corinthians ainda em dezembro de 2008

Ronaldo foi contratado pelo Corinthians ainda em dezembro de 2008

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Antes mesmo de o ano de 2008 terminar, o Corinthians anunciava sua grande contratação para a temporada seguinte: Ronaldo Fenômeno. O atacante bicampeão mundial pela Seleção Brasileira foi apresentado numa festa sem precedentes realizada no Parque São Jorge.

Os resultados surgiram dentro de campo: um título do Campeonato Paulista e outro da Copa do Brasil logo no primeiro ano de Ronaldo com a camisa do Timão.

Ano do centenário

Festa no Anhangabaú reuniu mais de 100 mil corinthianos

Festa no Anhangabaú reuniu mais de 100 mil corinthianos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O ano de 2010 foi especial para a Fiel muito em função dos festejos do Centenário do clube. Além do lançamento de um uniforme especial comemorativo e da realização de uma festa de aniversário com mais de 100 mil pessoas no Vale do Anhangabaú, o Corinthians "se auto-presenteou" com a inauguração do CT Joaquim Grava.

O baque e o Bachi

Corinthians foi pentacampeão brasileiro em 2011

Corinthians foi pentacampeão brasileiro em 2011

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O ano de 2011 foi de superação. O Corinthians protagonizou, logo no início de fevereiro, a primeira eliminação de um clube brasileiro na história da primeira fase da Libertadores (apelidada de pré-Libertadores). Adenor Leonardo Bachi, o Tite, resistiu ao... baque. Mantido pelo então presidente Andrés Sanchez, o treinador conduziu o Timão ao pentacampeonato brasileiro e à classificação à Libertadores da temporada seguinte. E aí...

2012 mágico

Corinthians foi campeão da Libertadores em 2012

Corinthians foi campeão da Libertadores em 2012

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O ano de 2012 foi sem dúvida um dos mais importantes na centenária história corinthiana. A equipe alvinegra, de forma invicta, conquistou enfim seu primeiro (e até aqui único) título na Copa Libertadores da América. Devidamente classificado ao Mundial de Clubes, foi ao Japão em dezembro, viu a Fiel invadir o Estádio de Yokohama e se tornou o último clube brasileiro a bater uma agremiação europeia e assim se consagrar campeão do mundo.

Cabia mais um

É assim que os torcedores do Corinthians se sentem quando o assunto é título e o tempo é 2013. Apesar de ter feito a alegria da Fiel em duas oportunidades (campeão do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana), o Timão amargou uma das mais doídas eliminações de sua história na Libertadores: com elenco capaz de levantar o caneco, caiu para o Boca Juniors em um jogo marcado por quatro erros gravíssimos do árbitro Carlos Amarilla.

Reconstrução e construção

Mano Menezes e operários tirando selfie na Arena Corinthians

Mano Menezes e operários tirando selfie na Arena Corinthians

O ano de 2014 foi marcado pela reconstrução do elenco multicampeão. Sob comando de Mano Menezes, o Timão não conquistou títulos naquela temporada, mas reformulou sua equipe principal e a deixou pronta para entrar competitiva na temporada seguinte.

Fora das quatro linhas (ou nem tanto, pensando bem), o clube comemorou a conclusão da construção da tão sonhada Arena Corinthians. O estádio alvinegro possibilitou ao bairro de Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, abrigar o jogo de abertura da Copa do Mundo.

Futebol arte

Corinthians atropelou Atlético-MG em Belo Horizonte na campanha do hexa

Timão atropelou Atlético-MG em Belo Horizonte na campanha do hexa

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em 2015, o Corinthians de Tite jogou "o fino da bola". Após engatar uma sequência de pouquíssimas derrotas no primeiro semestre (e sofrer pontualmente em mata-matas, culminando em eliminações na Libertadores e no Paulistão), o Timão se consolidou foi mesmo no Campeonato Brasileiro. Impulsionada pelo motor Renato Augusto e Jadson e pelo artilheiro Vagner Love, a equipe conquistou com sobra o hexacampeonato brasileiro.

Furacão chinês e aprendizados

Fábio Carille era auxiliar-técnico quando Oswaldo Oliveira era treinador

Fábio Carille era auxiliar-técnico quando Oswaldo Oliveira era treinador

Agência Corinthians

O Corinthians que havia encantado a todos na temporada anterior "pagou o preço" disso: perdeu boa parte do elenco para o futebol chinês. Não bastasse as vendas de jogadores, ainda viu o técnico Tite assumir o comando da Seleção Brasileira.

Após sucessivas trocas de treinador e a consequente falta de resultados (e títulos), a diretoria decidiu efetivar o então pouco conhecido auxiliar-técnico Fábio Carille. E aí...

Era Carille

Carille no meio da torcida com a taça de heptacampeão brasileiro

Carille no meio da torcida com a taça de heptacampeão brasileiro

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Valorizando o sistema defensivo e o jeito simples de jogar, o técnico Fábio Carille conduziu o Corinthians aos títulos do Campeonato Paulista de 2017 e 2018 e do Campeonato Brasileiro de 2017. O futebol não era tão vistoso quanto de outrora, mas os resultados foram quase inéditos em toda a história do Timão: com 34 jogos sem perder, aquela equipe de 2017, comandada por Jô & cia., alcançou a segunda maior invencibilidade em 107 anos do clube.

Nova tentativa de reconstrução

Osmar Loss é o atual técnico do Corinthians

Osmar Loss é o atual técnico do Corinthians

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

A exemplo do que aconteceu em 2016, o Corinthians vem pagando o preço do desmanche de seu elenco e de sua comissão técnica. Por ora, ao menos não vem repetindo a dança das cadeiras no cargo de treinador: Osmar Loss assumiu após a saída de Carille e segue na bancada ao menos até o fim da temporada por Andrés Sanchez.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Ídolos do Corinthians, CT Joaquim Grava, Arena Corinthians, Títulos do Corinthians, Tite e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Lucas Piton gera enorme expectativa mesmo estando na reserva de Carlos

    Jornal espanhol coloca lateral do Corinthians na lista de maiores promessas do Brasil

    ver detalhes
  • Éderson, que marcou três gols nos últimos quatro jogos, tem vínculo com o Corinthians até 31 de janeiro de 2025; contrato mais longo do clube

    Éderson tem o vínculo mais longo entre os 85 jogadores sob contrato com o Corinthians

    ver detalhes
  • Victor Cantillo e Everaldo treinam com bola no CT Joaquim Grava

    Cantillo treina com bola, e Corinthians inicia preparação para final do Paulista; veja provável time

    ver detalhes
  • Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    VÍDEO: Treta Corinthians x Palmeiras nas finais | A escalação de Tiago Nunes pra decisão do Paulista #RMT5

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez confirmou que o Corinthians fará testes na quinta-feira

    Corinthians vai testar elenco após jogo de ida da final do Paulistão; Andrés e FPF confirmam

    ver detalhes
  • Raphael Claus será o responsável pelo apito no Dérbi desta quarta-feira

    Raphael Claus apita primeiro jogo da final do Campeonato Paulista entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: