Negociando patrocínio, diretor do Corinthians corrige Andrés Sanchez e André Negão sobre basquete

Negociando patrocínio, diretor do Corinthians corrige Andrés Sanchez e André Negão sobre basquete

8.0 mil visualizações 118 comentários Comunicar erro

Basquete do Corinthians foi campeão da Liga Ouro e agora disputa o NBB

Basquete do Corinthians foi campeão da Liga Ouro e agora disputa o NBB

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O basquete profissional masculino do Corinthians não gera R$ 6 milhões de despesas por ano nem está longe de conseguir patrocinadores. A confusão foi feita nesta terça-feira durante o programa Papo Reto, da Corinthians TV, gravado pelo presidente Andrés Sanchez e pelo diretor administrativo André Luiz de Oliveira. Em contato com a reportagem do Meu Timão, Donato Votta, diretor de esportes terrestres, corrigiu os outros dirigentes.

Andrés Sanchez justificou a ausência de patrocinadores no uniforme da equipe de basquete afirmando ser quase impossível acertar patrocínio para basquete ou vôlei no Brasil. Já André Luiz, conhecido como André Negão, explicou que parte do déficit do clube social é decorrente do gasto médio anual de R$ 6 milhões da modalidade de bola laranja no Parque São Jorge.

Leia também: Já de olho em 2019, armador do Corinthians comemora cirurgia bem sucedida

"Houve um equívoco por parte do André Luiz quando ele falou dos números do basquete, que não vai gastar nem metade deste valor. É um projeto novo no Corinthians, mas sabemos do potencial, ainda mais agora com a conquista da Liga Ouro e a entrada no NBB", alegou Donato. O Meu Timão, cabe citar, já havia mostrado que o mais recente balanço de 2018 do Corinthians apontou R$ 769 mil em gastos com esportes amadores até agosto.

Com relação aos patrocinadores, o próprio Donato já havia, no mesmo programa Papo Reto, há dois meses, projetado com otimismo o acerto do Corinthians com um patrocinador para o basquete em meio à entrada alvinegro no NBB. O dirigente reforçou o discurso e revelou estar negociando com ao menos duas marcas interessadas em patrocinar o Timão.

"Sabemos a exposição que a marca Corinthians vem tendo, tanto que já estamos atraindo interessados em patrocinar. Então mesmo nessa questão de patrocínio, sabendo que é difícil, hoje as empresas estão entrando em contato com o clube para saber sobre o patrocínio, começar negociações para que em breve tenhamos um ou mais patrocinadores na camisa do basquete profissional do Corinthians", declarou.

Andrés Sanchez e André Luiz de Oliveira falaram em frente às câmeras nesta terça-feira

Andrés Sanchez e André Luiz de Oliveira falaram nesta terça-feira

Reprodução/Corinthians TV

"Praticamente todos nossos jogos estão sendo transmitidos em uma das plataformas de divulgação do NBB. São três emissoras fechadas, uma aberta e ainda Facebook e Twitter. Vem gerando interesse tanto dos torcedores que abraçam a modalidade como dos patrocinadores interessados em alcançarem esses torcedores", acrescentou.

Veja mais em: Basquete, Diretoria do Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes