Corinthians 1 x 1 Atlético-MG - Brasileiro 2018

Brasileiro 2018 - Corinthians 1 x 1 Atlético-MG

https://www.meutimao.com.br/jogo/01-09-2018/brasileiro_2018/corinthians-1-x-1-atletico-mg

02:00

2018-09-01T21:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 Atlético-MG Atlético-MG

Brasileiro 2018

Sobre a Partida

Pedrinho dá presente, mas mistão do Corinthians cede empate em noite de festa na Arena

No dia em que completou 108 anos de história, o Corinthians não conseguiu dar uma vitória à sua torcida. Apesar do bom primeiro tempo, o “mistão” do Timão ficou no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG na noite deste sábado, 1º de setembro, na Arena Corinthians, em Itaquera. O jogo foi válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O meia-atacante Pedrinho anotou o único gol alvinegro aos 19 minutos da primeira etapa, ao finalizar de fora da área. Ele acertou a trave, viu a bola rebater nas costas do goleiro Victor e cruzar a linha do gol. Fábio Santos, multicampeão pelo Timão, marcou a favor do Atlético-MG.

Leia também:
Show de luzes, escudo gigante, crianças, vídeo: como foi a festa de 108 anos do Corinthians na Arena

Osmar Loss optou por uma formação recheada de reservas. Saldo da batalha da última quarta-feira, quando lutou mais de 90 minutos para ir às quartas de final da Copa Libertadores, mas não obteve sucesso. Dos titulares, seis desfalques: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique, Douglas e Jadson.

No esquema 4-2-3-1, o Corinthians foi a campo com: Walter; Mantuan, Marllon, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf e Gabriel (capitão); Pedrinho, Araos e Romero; Roger.

Escalação oficial Corinthians x Atlético-MG

Meu Timão

O Atlético-MG, sob o comando de Thiago Larghi, iniciou a partida em São Paulo com: Victor; Emerson, Léo Silva, Maidana e Fábio Santos; Zé Welison, Adilson e Cazares; Luan, Chara e Ricardo Oliveira.

Anote aí! - Com 30 pontos, o Corinthians dorme na sétima colocação (uma posição acima). A equipe do Parque São Jorge volta a campo na quarta-feira, diante do Ceará, no Castelão, às 20h, pela 23ª rodada da Série A.

Assista ao último Saudações Corinthianas!

O jogo!

Apesar de remendado, o Corinthians começou o confronto na Arena como está acostumado: trocando passes no campo de defesa até encontrar os espaços para atacar com segurança. E bota segurança nisso! Marllon e Léo Santos, dupla de zaga reserva, eram responsáveis por dar início à saída de bola corinthiana. Até por isso, correr riscos sem necessidade estava fora dos planos.

O Timão chegou a ter 80% da posse da bola nos dez primeiros minutos de jogo. Paciência não faltava... A equipe rodava de um lado para o outro até pegar um dos laterais do Atlético-MG (Emerson e Fábio Santos) desprevenido, ganhando assim terreno para atacar e impor trabalho ao goleiro Victor.

Os donos da casa tentariam o primeiro arremate aos 19 minutos. E abririam o placar também aos 19. De fora da área, Pedrinho bateu colocado e contou com a sorte para pôr o Corinthians em vantagem: a bola explodiu no travessão, depois nas costas de Victor e cruzou a linha do gol. Festa da Fiel em Itaquera!

Pedrinho corre para o abraço ao abrir placar contra Atlético-MG

Pedrinho corre para o abraço ao abrir placar contra Atlético-MG

Reprodução/Premiere

O gol não alterou a estratégia do Timão. Com a bola, trocar passes e aguardar o melhor momento para se impor diante do Atlético-MG; sem a redonda, marcar firme e de maneira compacta, dificultando ao máximo as ações ofensivas do adversário mineiro.

Entretanto, em uma das poucas descidas ao ataque, o time de Thiago Larghi foi efetivo – com uma ajudinha do volante Gabriel, é verdade. O camisa 5 interceptou a bola com o braço dentro da área e cedeu pênalti aos visitantes. O ex-Corinthians Fábio Santos (logo ele!) foi para a cobrança, finalizou no canto direito de Walter e deixou tudo igual na Arena a instantes do intervalo.

“Importantíssimo meu gol agora, logo na data de aniversário desse grande clube. Atacante precisa de sorte. No sacrifício o gol saiu e eu dedico meu gol para toda a minha família”, vibrou o número 38 antes de descer para o vestiário.

O Corinthians voltaria com os mesmos 11 para o segundo tempo. A postura, porém, precisava ser diferente: Araos, o cérebro, tinha de se apresentar mais para jogar. Assim como Roger, voluntarioso na movimentação, mas pouco efetivo quando recebia a bola nos pés.

Loss não demorou a notar o insucesso de sua equipe com relação à estratégia adotada para a etapa final. Ele logo promoveu duas substituições de uma única vez: sacou Romero e Roger para as respectivas entradas de Mateus Vital e Danilo - aqui, detalhe importante: o técnico corinthiano foi vaiado e um tanto xingado por corinthianos próximos ao banco de reservas por tirar Ángel do duelo.

Fato é que o Timão caiu de produção nos 45 minutos finais e deixou de jogar futebol. O Atlético-MG, por sua vez, também não fazia lá tanta questão de buscar os três pontos na Arena Corinthians. Trocava passes no campo de defesa, ensaiava um avanço pelos lados do campo e logo perdia a bola facilmente.

Ainda daria tempo de Rodrigo Figueiredo, “esquecido” no Corinthians, ganhar minutos diante dos mineiros. Nada além disso.

Diante de quase 30 mil pagantes, o Corinthians de Loss voltou a tropeçar no Brasileiro e em casa. Um “presente” que a Fiel certamente abriria mão...

Confira os melhores momentos do 1 a 1

Ficha técnica de Corinthians 1 x 1 Atlético-MG

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 01 de Setembro de 2018 (sábado)
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
Gols: Pedrinho (Corinthians); Fabio Santos (Atlético-MG)
Cartões amarelos: Ángelo Araos (Corinthians); Léo Silva, Adilson e Tomás Andrade (Atlético-MG)
Público: 29.371 pagantes (público total: 29.609)
Renda: R$ 1.059.954,90

CORINTHIANS: Walter; Mantuan, Léo Santos, Marllon e Danilo Avelar; Gabriel e Ralf; Ángelo Araos (Rodrigo Figueiredo), Romero (Mateus Vital) e Pedrinho; Roger (Danilo).
Técnico: Osmar Loss

ATLÉTICO-MG: Victor; Emerson, Léo Silva, Maidana, Fabio Santos, Welison, Adilson (Matheus Galdezani), Cazares, Luan (David Terans), Chara (Tomás Andrade) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 1 Atlético-MG