Brasileirão 2017 - Atlético-PR 0 x 1 Corinthians

Brasileirão 2017 - Atlético-PR 0 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/08-11-2017/brasileirao_2017/atletico-pr-0-x-1-corinthians

02:00

2017-11-08T21:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Atlético-PR Atlético-PR

Brasileirão 2017

Sobre a Partida

Walter pega pênalti, Giovanni Augusto marca, e Corinthians vence Atlético-PR em Curitiba

O Corinthians conseguiu uma importante (e improvável) vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-PR, nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Improvável porque não foram nomes habituais os heróis, como Cássio ou Jô. Mas sim a dupla Walter e Giovanni Augusto - o goleiro pegou pênalti; o meia balançou as redes.

Leia também:
Corinthians garante vaga na Libertadores de 2018 após vitória sobre Atlético-PR
Carille dá exemplo de fair play e auxilia arbitragem na Arena da Baixada

Com o resultado, o Corinthians sobe para 65 pontos e aumenta para oito pontos sua vantagem na liderança do Brasileirão. O Grêmio, novo vice-líder, tem 57. O Santos, então segundo colocado, perdeu na rodada, estacionou nos 56 e se distanciou do Timão.

Leia também: Classificação atualizada: Corinthians dispara, rivais perdem e Brasileirão tem novo vice-líder

Vale lembrar que o Corinthians entrou em campo sem os titulares Cássio (convocado pela Seleção Brasileira e suspenso) e Gabriel (suspenso). Jadson também foi baixa por conta do terceiro cartão amarelo. Foram escalados: Walter, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Camacho e Maycon; Romero, Rodriguinho e Clayson; Jô.

O Corinthians volta a campo já na noite deste sábado, a partir das 19h, na Arena, em Itaquera, contra o Avaí. O duelo será válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

Os 45 minutos iniciais da partida foram marcados por bastante equilíbrio entre Corinthians e Atlético-PR - com maior posse de bola dos donos da casa. Lambanças (ou tomadas de decisão polêmicas) do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães também se destacaram.

Aos 17 minutos, a primeira grande chance de gol do Corinthians. Camacho, lá do campo defensivo, acertou um lançamento fenomenal para Romero. O paraguaio dominou com estilo, cortou a marcação e tentou encobrir o goleiro Weverton, que espalmou a bola. Rodriguinho pegou o rebote e fuzilou as redes - pelo lado de fora.

No minuto seguinte, a resposta do Atlético-PR: Gedoz soltou uma bomba em cobrança de falta de longa distância, acertando a trave esquerda de Walter. Susto para o Timão!

A principal oportunidade dos paranaenses, no entanto, seria construída depois. Nikão ficou frente a frente com Fagner na grande área e chutou a bola na mão do lateral. O árbitro entendeu que o camisa 23 assumiu risco de pênalti ao deixar o braço estendido no lance. Na cobrança, o próprio Nikão bateu, e a estrela de Walter brilhou: defesa do goleiro corinthiano!

Walter comemorou junto com a Fiel defesa do pênalti

Walter comemorou junto com a Fiel defesa do pênalti

Reprodução/TV

Já nos acréscimos do primeiro tempo, um dos mais polêmicos lances da partida: Thiago Heleno deu carrinho "criminoso", por trás, em Romero. Mesmo pressionadíssimo pelos jogadores corinthianos, o árbitro mostrou apenas cartão amarelo. A comissão técnica alvinegra se rebelou, e o preparador de goleiros Mauri Lima acabou expulso por reclamação.

Romero levou entrada

Romero levou entrada 'criminosa' de Thiago Heleno

Reprodução/TV

Segundo tempo

Ao contrário da etapa inicial, os 45 minutos complementares começaram morno. Apesar do equilíbrio entre os times e da intensa disputa pela bola no meio de campo, nenhuma das agremiações conseguia construir jogadas efetivamente perigosas para os goleiros rivais.

Percebendo a morosidade de sua equipe, o técnico Fábio Carille decidiu fazer mudanças. Primeiro sacou Clayson para promover a entrada de Giovanni Augusto. Pouco tempo depois, trocou Maycon por Paulo Roberto, deixando assim Camacho mais avançado no meio.

E antes que os torcedores mais "corneteiros" pudessem reclamar... Gol de Giovanni Augusto!!! Logo o primeiro dele não apenas no campeonato como também na temporada inteira de 2017. O camisa 17 recebeu pela esquerda, cortou para dentro se livrando da marcação e bateu cruzado no canto direito de Weverton. Um belo tento do meia!

Os 15 minutos finais da partida, porém, acabaram resumidos a um dos episódios mais tristes do Corinthians na atual edição do Brasileirão - por mais que a equipe tenha conseguido confirmar os três pontos. Walter se lesionou muscularmente ao bater um tiro de meta, desabou no gramado e, aos prantos, acabou substituído por Caique França.

Vitória sofrida, com heróis e acontecimentos improváveis. Vitória de (hepta)campeão!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Atlético-PR 0 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes