Jô marca, mas Corinthians cede empate à Chapecoense e começa Brasileirão com tropeço em casa

Corinthians Corinthians 1 x 1 Chapecoense Chapecoense

Brasileirão 2017

Jô marca, mas Corinthians cede empate à Chapecoense e começa Brasileirão com tropeço em casa

97 mil visualizações 388 comentários Comunicar erro

Jô marcou único gol do Corinthians na partida deste sábado

Jô marcou único gol do Corinthians na partida deste sábado

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians teve sua empolgação pós-título paulista e pós-classificação na Sul-Americana freada pela Chapecoense logo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Em partida disputada na noite deste sábado, na Arena, o Timão ficou apenas no empate pelo placar de 1 a 1. Os gols foram anotados por Jô e Wellington Paulista.

Para o duelo deste sábado, o técnico Fábio Carille contou com o retorno da dupla formada por Pablo e Fagner, que havia sido baixa na última quarta-feira, contra a Universidad de Chile. Assim, o Timão entrou em campo com sua formação considerada titular: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

O próximo jogo do Corinthians, vale lembrar, está marcado apenas para domingo da semana que vem. Os comandados de Fábio Carille viajarão até Salvador para enfrentar o Vitória, no estádio Barradão, pela segunda rodada do Brasileirão.

Classificação

Com o resultado deste sábado, Corinthians e Chapecoense se juntam a Flamengo e Atlético-MG nas quatro primeiras posições do Campeonato Brasileiro, todos empatados com um ponto. Vale ressaltar que as outras 16 equipes estreiam na competição em partidas agendadas para domingo e segunda-feira.

Primeiro tempo

Ao contrário do que os 31.470 torcedores que compareceram à Arena poderiam imaginar, quem começou o jogo melhor foi a Chapecoense. A equipe catarinense pressionou o Timão com uma sequência de ataques até acertar a trave de Cássio com chute cruzado de Rossi.

Não demorou, porém, para os comandados de Fábio Carille tomarem as rédeas da partida. Romero recebeu a bola a média distância da grande área e não titubeou: levantou a cabeça e arriscou o chute, obrigando o goleiro Jandrei a se esticar todo para fazer a defesa.

Logo depois foi a vez de Rodriguinho levar perigo ao gol da Chapecoense. Guilherme Arana fez cruzamento perfeito na cabeça do camisa 26, que finalizou livre de marcação. A bola passou tirando tinta da trave de Jandrei.

Era Jô, contudo, quem seria consagrado com a honra de marcar o primeiro gol do Corinthians na edição de 2017 do Campeonato Brasileiro. Fagner arrancou pela direita, puxou a bola para o meio e rolou para Rodriguinho. O meia deu grande passe para Jô, que se livrou da marcação esbanjando jogo de corpo e balançou as redes na saída do goleiro adversário.

Com a vantagem no placar, o Corinthians passou a administrar a partida com mais tranquilidade. Tanto que o único lance memorável que ainda viria a acontecer nos 45 minutos iniciais foi a lesão de Pablo. O zagueiro sentiu uma fisgada na coxa direita e deixou o gramado, sendo substituído por Pedro Henrique.

Segundo tempo

A exemplo do que acontecera no primeiro tempo, foi a Chapecoense que começou a etapa indo para o ataque. Desta vez, porém, não houve trave capaz de impedir o tento dos catarinenses. Arthur ganhou de Fagner pelo alto e cabeceou no travessão de Cássio. A bola pingou na linha do gol, e Wellington Paulista aproveitou brecha de Balbuena e Pedro Henrique para estufar as redes alvinegras, empatando a partida em 1 a 1.

O gol da Chapecoense colocou fogo no jogo. As equipes passaram a tentar com mais veemência chegar à meta adversária. E foram os visitantes quem, mais uma vez, criaram boa oportunidade de gol. Reinaldo bateu escanteio fechado e Andrei Girotto apareceu como elemento surpresa para finalizar com muito perigo.

Ciente da situação desconfortável pela qual o Corinthians passava, Carille promoveu a entrada de Léo Jabá no lugar de Romero. O Timão até ganhou novo fôlego em seus ataques, mas sem eficiência. O treinador, então, decidiu ousar: tirou o volante Gabriel para colocar em campo o atacante Kazim.

Por mais que Carille tenha tentado, o Corinthians não conseguiu mais levar perigo à meta da Chapecoense. A equipe de Santa Catarina se contentou com o empate e passou a se defender com bastante qualidade. O Timão, por sua vez, não conseguiu furar a retranca, encontrando muita dificuldade para alimentar Jô e Kazim. No fim, tudo igual em Itaquera nas estreias das equipes no Brasileirão.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e .

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Chapecoense

  • 1000 caracteres restantes