Clayton aponta falta de oportunidades como 'incômodo' em sua passagem pelo Corinthians

Clayton aponta falta de oportunidades como 'incômodo' em sua passagem pelo Corinthians

Por Meu Timão

2.4 mil visualizações 60 comentários Comunicar erro

Emprestado pelo Atlético-MG, Clayton permaneceu no Timão por cinco meses

Emprestado pelo Atlético-MG, Clayton permaneceu no Timão por cinco meses

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A passagem de Clayton pelo Corinthians foi mais rápida e menos marcante que o esperado pelo jogador. O atacante foi emprestado pelo Atlético-MG para o clube alvinegro, em uma troca pelo meio-campista Marlone, e voltou para Belo Horizonte após cinco meses no Parque São Jorge. Para o atleta, a falta de oportunidades no time líder do Campeonato Brasileiro com o técnico Fábio Carille passou longe de ser cômoda.

Não estava cômodo (ficar no Corinthians na reserva por ter um título), eu não estava jogando e não gosto disso. Eu não gosto de não ir nem pra lista. É um novo desafio, o (Rogério) Micale me conhecia, não adiantava nada ser campeão brasileiro, mas não entrar”, comentou Clayton durante entrevista coletiva no CT do Atlético-MG.

Clayton retornou ao time mineiro à pedido do técnico Rogério Micale. A negociação veio em boa hora para os dirigentes do Corinthians, que não se opuseram a devolução do atacante. O atleta não conseguiu vingar no elenco de Fábio Carille e não chegou a lutar como deveria para isso.

Leia também:
Surpreso com temporada do Corinthians, Jô se esquiva de polêmicas e sonha com convocação
Técnico do Corinthians elege concorrentes ao título do Brasileirão 2017

Com a chegada de Clayson e a ascensão do jovem Pedrinho no Timão, o jogador perdeu espaço e passou a se revezar com Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto pelos lados do campo na linha de três ofensiva – tendo Romero e Jadson como titulares absolutos. No Atlético-MG, Clayton terá a chance de ser titular nesta quarta-feira, diante do Internacional, pela Primeira Liga, no Rio Grande do Sul.

“Nessa correria de jogos, eu não tive muito tempo de conversar com o Micale. Ele já sabe como eu gosto de jogar, eu prefiro o lado esquerdo ou centralizado, onde ele puder me colocar eu vou dar o melhor pelo Atlético", projetou.

Com a camisa do Timão, Clayton disputou 14 jogos e marcou dois, sendo ambos diante do Vasco, em São Januário, ainda no primeiro turno do Brasileirão. De volta ao Atlético-MG, o atacante traçou os objetivos do time mineiro na competição nacional. O clube se encontra na 11ª posição da tabela, com 29 pontos – 21 a menos que o líder Corinthians.

Leia também: Marciel no lugar de Moisés? Carlinhos no de Kazim? Técnico do Corinthians esclarece

“O objetivo agora é G6. Eu espero jogar e ajudar a equipe a ir mais longe possível. Muito feliz por voltar para o Atlético, tive período no Corinthians, grande experiência, mas o grande desafio de voltar a pedido do Micale, o objetivo é ficar pelo menos no G6”, afirmou Clayton.

Veja mais em: Clayton, Mercado da bola e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes
  • Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    [Danilo Augusto] Renovação, declaração do Balbuena e a posição do Meu Timão

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez, Roberto de Andrade e Gobbi, últimos presidentes do Corinthians

    Diretor financeiro do Corinthians analisa detalhes do balanço de 2017; leia a entrevista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes