Presidente do Corinthians descarta rejeição e dá palpite sobre eleição de sucessor

4.8 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Roberto de Andrade concedeu sua última coletiva como presidente do Timão

Roberto de Andrade concedeu sua última coletiva como presidente do Timão

Reprodução/Corinthians TV

Roberto de Andrade se despediu do posto de presidente do Corinthians nesta sexta-feira. O mandatário concedeu a última entrevista coletiva de seu mandato, no CT Joaquim Grava, e mostrou satisfação no balanço final de sua trajetória. Com três títulos conquistados nos últimos três anos, o cartola fugiu de uma taxa de rejeição sobre sua gestão.

"Onde você viu índice de rejeição? Isso é na vida, nem todo mundo gosto do azul, do verde e do amarelo. Pode não concordar, mas não tem índice de rejeição. Garanto que a maioria aprovou", argumentou Roberto de Andrade.

A cadeira de presidente do Timão esteve em posse de Roberto de Andrade desde 2015. O cartola completou dez anos na diretoria do clube neste ano, pois já havia sido vice-presidente e diretor do Timão durante as gestões de Andrés Sanchez e Mário Gobbi. Em sua gestão, a equipe conquistou dois títulos do Campeonato Brasileiro (2015 e 2017) e um do Paulista (2017).

"Tudo tem um por quê. O bom tem, o ruim também. Fui diretor de futebol por três anos, acompanhei de perto o futebol nestes últimos seis ou sete anos. Aqui sempre procuramos ser claros, objetivos e respeitar as pessoas. Nunca um jogador saiu do Corinthians escurraçado ou sem conversa", disse o presidente, ao lado das três taças conquistadas em seu mandato.

Leia também:
Alessandro confirma liberação de Fellipe Bastos para o Sport; clubes vão dividir salário
Roberto de Andrade recebe homenagem no CT do Corinthians em último dia de mandato
Em dia de treinos específicos, Carille não define time titular do Corinthians; volante de saída é baixa

"Tivemos na minha gestão e em outras momentos adversos, sem pagar prêmios ou salários com dias atrasados, e nunca tivemos resposta negativa dos atletas. Isso é resultado do respeito que tivemos com todos, não só os atletas. Falei há pouco com os atletas que sempre entendi que, no futebol, é muito perto de ser uma família. É meio piegas falar isso. Mas nunca tivemos um problema de ordem pessoal de atleta com diretor, treinador ou funcionários. Isso resume um pouco dos últimos dez anos, nos quais o Corinthians vem conquistando títulos com larga vantagem sobre os adversários", completou.

O sucessor de Roberto de Andrade será definido neste sábado, no Parque São Jorge. Cinco candidatos estão presentes na corrida: Andrés Sanchez (situação), Paulo Garcia, Felipe Ezabella, Antonio Roque Citadini e Romeu Tuma Jr (de grupos ligados à oposição). Pedindo uma eleição "tranquila", o atual mandatário deixou o seu favorito para o cargo.

"Espero que a eleição transcorra na maior naturalidade do mundo, que as pessoas que vão ao Parque São Jorge queiram votar e não fazer confusão. Espero que o Andrés Sanchez vença, ele é do meu grupo político, tem meu apoio, e pelas informações que a gente tem está liderando as pesquisas com uma vantagem boa. Se tudo andar como previsto, ele será novamente o presidente do Corinthians", afirmou.

Sem esconder a emoção, Roberto de Andrade ainda comentou a dificuldade do adeus. "Não é pela despedida, por ir embora, não me agarro às coisas. Chegou o tempo. É que a gente se apega às pessoas. É a parte mais difícil", finalizou.

Veja mais em: Roberto de Andrade, Andrés Sanchez e Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, na Arena

    Corinthians recebe Cruzeiro para tentar reencontrar caminho das vitórias no Brasileirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Eduardo Tanque ao lado de André Santos no Corinthians

    Promessa de 17 anos assina com o Corinthians e já treina no CT; jovem é agenciado por André Santos

    ver detalhes
  • Timão busca recuperação após semana difícil

    Corinthians reencontra o Franca para esquecer vice e tentar primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Corinthians precisa de um empate para confirmar vaga nas quartas de final da Libertadores

    Corinthians encara Libertad Limpeño para confirmar classificação às quartas da Libertadores Feminina

    ver detalhes
  • Cássio, Manoel e Gil não ficam à disposição de Fábio Carille contra o Cruzeiro

    Com três desfalques, Corinthians divulga relacionados para duelo com Cruzeiro; veja provável time

    ver detalhes
  • Urso apareceu em campo pela primeira vez desde que lesionou a coxa direita

    Júnior Urso volta a treinar em campo e se aproxima de retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: