Comissão Eleitoral do Corinthians denuncia agente que emprestou R$ 200 mil ao clube

3.8 mil visualizações 47 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

Carlos Leite é empresário de Cássio e de outros jogadores do Corinthians

Carlos Leite é empresário de Cássio e de outros jogadores do Corinthians

Reprodução/Instagram

A Comissão Eleitoral do Corinthians denunciou o empresário Carlos Leite ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e à Receita Federal nesta quarta-feira. O agente, que representa jogadores como o goleiro Cássio e o lateral Fagner, emprestou R$ 200 mil ao clube em novembro de 2017.

O problema, porém, é que o dinheiro teria sido utilizado para quitar pendências de sócios inadimplentes, a fim de que os mesmos pudessem participar da eleição do último sábado, no Parque São Jorge, que reelegeu Andrés Sanchez, presidente sucessor de Roberto de Andrade.

Em entrevista recente ao blog do Perrone, o presidente da Comissão Eleitoral do Corinthians, Miguel Marques da Silva, confirmou a versão acima e indicou que se tratava de uma transação irregular. “Comprovamos que o Carlos Leite fez o depósito em dinheiro. A funcionária do clube responsável por receber os pagamentos disse no depoimento dela na Comissão que o dinheiro em nome dele foi dado para pagar as taxas de regularização de sócios inadimplentes”, afirmou Miguel Marques.

Leia também:
Dias após eleição, gestão de Andrés Sanchez deve propor medida por fim das chapinhas
Em primeira coletiva, Andrés Sanchez confirma mudanças e promete nova postura do Corinthians

Ainda segundo apurou o Meu Timão em janeiro, candidatos concorrentes de Sanchez creditaram a ele o empréstimo de Carlos Leite. Até por isso, a participação de Andrés no pleito chegou a ser analisada pela Comissão Eleitoral – o grupo poderia recomendar a impugnação da candidatura do agora presidente, como fez com Antonio Roque Citadini e Paulo Garcia, mas não com Sanchez. Todos os três concorrem normalmente à presidência.

Também ao blog, Carlos Leite declarou que, de fato, emprestou a quantia ao Corinthians, mas que não há qualquer irregularidade na transação. “Empresto dinheiro para clubes que me pedem. Mas é tudo legal, com contrato de mútuo. Agora, não sei o que o clube faz com o dinheiro. Se tem clube que usa para pagar mensalidade atrasada de sócio, eu não sei”, se defendeu.

Veja mais em: Eleições no Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Jô durante duelo com Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians sucumbe no segundo tempo e perde de virada para Atlético-MG na estreia do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes
  • Tiago Nunes reclamou até de um pênalti que Ruan Oliveira teria sofrido no final do jogo

    Tiago Nunes vê Corinthians desgastado, reclama de pênalti e lamenta chance perdida para fazer 3 a 0

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira comemorou sua estreia pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Gabriel Pereira comemora estreia pelo time profissional do Corinthians: 'Um sonho de criança'

    ver detalhes
  • Arana e Michel Macedo no duelo entre Corinthians e Atlético Mineiro

    Torcida do Corinthians lamenta derrota no Brasileirão e destaca falta de opções entre os reservas

    ver detalhes
  • Araos anotou o segundo gol do Corinthians contra o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Com gol de Araos, 11 jogadores já marcaram pelo Corinthians na temporada; veja lista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: