Corinthians joga mal e perde clássico no Morumbi

Corinthians Corinthians 1 x 3 São Paulo São Paulo

Brasileiro 2018

Corinthians joga mal e perde clássico no Morumbi

55 mil visualizações 1.347 comentários Comunicar erro

Cássio falhou no terceiro gol do São Paulo neste sábado

Cássio falhou no terceiro gol do São Paulo neste sábado

Reprodução

O Corinthians foi até o Morumbi na noite gelada deste sábado para enfrentar o São Paulo em um jogo para se esquecer. Em partida marcada pelo excesso de cartões e uma falha bizarra de Cássio, o Timão perdeu por 3 a 1. Jonathas marcou o seu primeiro gol já nos minutos finais e diminuiu a diferença no placar.

A equipe entrou em campo com uma bomba nos bastidores: Rodriguinho acertou sua saída para o Pyramids, do Egito, e provavelmente fez sua partida de despedida neste sábado.

Mesmo em negociação, o meia pediu para jogar no clássico. A escalação ainda contou com duas novidades: Jonathas fez sua estreia como titular e Marquinhos Gabriel iniciou no lugar de Vital.

O Corinthians, então, começou o clássico com o seguinte time: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Renê Júnior; Romero, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Jonathas.

Os três gols do São Paulo ficaram marcados por falhas individuais de corithianos. No primeiro, Fagner errou e cedeu o escanteio. No segundo, Gabriel recuou a bola errada; e, no último, Cássio protagonizou o que pode ser chamado de frango.

Sem criatividade e muitas faltas

O clássico começou melhor para os donos da casa. Logo nos primeiros minutos, Arboleda e Diego Souza deram trabalho para Cássio. Com a marcação forte da equipe do Morumbi, as jogadas mais bruscas começaram cedo esquentando o clima da partida.

Depois da pressão inicial do rival, o Corinthians conseguiu controlar o ritmo e o jogo ficou equilibrado, sendo mais disputado no meio-campo. Nenhuma das duas equipes conseguiam acertar passes e criar jogadas de perigo.

Aos 19 minutos, primeira boa chance do Corinthians. Marquinhos Gabriel cruza bola na direção da área, Arboleda desvia e Jonathas fica com o rebote. O atacante, livre, dá forte chute, mas a bola vai para fora.

Minutos depois foi a vez do São Paulo. Nenê levantou a bola na área, Hudson desviou e ela sobrou para Diego Souza, na cara do gol. Cássio fez a defesa, mas o lance já não valia mais porque o árbitro havia marcado impedimento para o time do Morumbi.

Aos 27, Ángel Romero levou cartão amarelo por colocar a mão na bola em jogada com Rojas. O paraguaio ficou irritado com a punição e cobrou bastante o bandeirinha, que acompanhou a jogada de perto.

O clima seguiu quente, como um clássico costuma ser. Antes dos 40 minutos, a partida já tinha 19 faltas marcadas - 12 para o Corinthians, sete para o São Paulo.
Já nos acréscimos, Rodriguinho deu uma solada em Reinaldo e também levou cartão amarelo. Cássio enrolou para cobrar o tiro de meta e também foi amarelado.

Segundo tempo para se esquecer

Osmar Loss retornou para a segunda etapa sem fazer alterações na equipe do Corinthians. Logo aos cinco, uma boa jogada do Timão. Rodriguinho rolou para Gabriel, que deixou com Marquinhos Gabriel. O meia chutou forte, mas a bola bateu em Militão e foi para escanteio. Na cobrança, o Corinthians não aproveitou a oportunidade.

Aos dez, porém, Anderson Martins subiu muito alto após cobrança de escanteio de Nenê e cabeceou a bola para o fundo do gol. Cássio não teve chances e o São Paulo abriu o placar no Morumbi.

Após o tento, Renê Júnior dividiu uma bola e caiu de mau jeito. O volante não conseguiu prosseguir em campo e o meia Jadson entrou na partida em seu lugar.

Mesmo em desvantagem no placar, o Corinthians conseguiu dominar a posse de bola. A equipe, porém, não conseguia infiltrar e criar oportunidades de igualar o placar.

E como todo mundo sabe: quem não faz, toma! Aos 24 minutos, Jean deu chutão para frente, Gabriel tentou recuar de cabeça, mas a bola saiu mais curta do que o esperado. Cássio saiu para tentar chegar antes, mas Reinaldo foi mais rápido, driblou o goleiro e chutou. Pedro Henrique tira, mas a bola sobra pra Reinaldo de novo que manda por cobertura. Jogada estranha, que resultou no segundo gol do São Paulo.

No minuto seguinte, Osmar Loss retirou Marquinhos Gabriel de campo e promoveu a entrada de Clayson. Na primeira jogada em campo, o meia fez falta dura por trás de Militão e Gabriel deu um chutão na bola. Os jogadores do São Paulo não gostaram e foram para cima do volante corinthiano, que acabou amarelado pelo árbitro.

Com o clima bem quente, Pedro Henrique também recebeu cartão amarelo na jogada seguinte por reclamar de uma marcação de mão na bola. Corinthians chegava ao seu quinto cartão, enquanto o São Paula passava em branco.

Aos 29, mais um susto: Diego Souza cobrou falta e a bola explodiu na trave de Cássio, que só observou a jogada. E aos 34, o sexto cartão amarelo: agora para Henrique, que deu carrinho em Hudson no meio de campo.

Aos 35, Léo Santos entrou no lugar de Pedro Henrique, que sentiu dores e pediu para deixar o jogo. Um minuto depois, mais um gol para se esquecer: Reinaldo fica coma sobra e chuta fraco. Cássio falha e a bola entra para o terceiro gol do São Paulo.

Além de um sétimo cartão amarelo, dessa vez para Fagner, o Corinthians conseguiu descontar o placar. Aos 45 minutos, Jadson lançou a bola, Jonathas dominou no peito e bateu na saída de Jean. Primeiro gol com a camisa do Timão do atacante. 3 a 1 no placar final.

90 minutos sofríveis do Corinthians no Morumbi neste sábado.

Veja mais em: Crônica, Majestoso e Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes