Pouco inspirado, mistão do Corinthians não sai do zero contra o Atlético-PR

Corinthians Corinthians 0 x 0 Atlético-PR Atlético-PR

Brasileiro 2018

Pouco inspirado, mistão do Corinthians não sai do zero contra o Atlético-PR

30 mil visualizações 510 comentários Comunicar erro

'Nem Pedrinho salva!': Timão ficou no 0 a 0 com paranaenses em Itaquera

'Nem Pedrinho salva!': Timão ficou no 0 a 0 com paranaenses em Itaquera

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em seu último teste antes das oitavas da Copa Libertadores da América, o Corinthians não apresentou lá um futebol tão vistoso. Nem eficiente. Na fria noite deste sábado, na Arena Corinthians, em Itaquera, o Timão, recheado de jovens atletas, empatou sem gols com o Atlético-PR, em duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com relação à vitória sobre a Chapecoense, o técnico Osmar Loss decidiu preservar quatro atletas mais desgastados fisicamente, já de olho na ida das oitavas de final da Libertadores, quarta-feira que vem, fora de casa, contra o Colo-Colo (CHL). Tal opção promoveria duas estreias: Thiaguinho, reforço contratado do Nacional-SP, e Carlos Augusto, lateral-esquerdo revelado no terrão corinthiano.

Revezando-se entre os esquemas 4-2-3-1 e 4-2-4, o Timão iniciou o confronto com: Cássio, Thiaguinho, Pedro Henrique, Henrique (capitão) e Carlos Augusto; Léo Santos e Douglas; Pedrinho, Jadson, Romero e Clayson.

Escalação do Corinthians para jogo com Atlético-PR

Meu Timão

Do outro lado, o Atlético-PR, sob o comando de Tiago Nunes, foi formado por: Santos, Jonathan, Paulo André (capitão), Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González; Marcelo Cirino, Raphael Veiga e Marcinho; Pablo.

O empate em casa mantém o Corinthians, agora com 26 pontos, na sétima colocação. O rival Palmeiras tem a mesma pontuação e está em sexto, na última vaga do G6.

Anote aí! – O próximo compromisso do Timão está marcado para quarta, quando Loss & cia. dão início ao mata-mata da Libertadores frente ao Colo-Colo. Já no outro domingo, o esquadrão alvinegro visita a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó, às 16h, desta vez pelo Brasileirão.

Veja os melhores momentos da partida

Morno quase gelando...

A alternativa por Léo Santos (de grande qualidade técnica) improvisado no meio de campo, na teoria, daria mais qualidade ao passe corinthiano. E o zagueiro não demorou a mostrar por que possui a confiança de Loss mesmo fora de sua posição de origem. Logo aos quatro minutos, ficou com a sobra na entrada da área e finalizou forte, de pé direito, exigindo boa defesa do goleiro Santos.

Substituto de Fagner, Thiaguinho foi pressionado pelo ataque do Atlético-PR

Substituto de Fagner, Thiaguinho foi pressionado pelo ataque do Atlético-PR

Reprodução/Premiere

O Atlético-PR, em contrapartida, abusaria das investidas pelo lado esquerdo, em cima de Thiaguinho, jovem volante improvisado na lateral e que fazia sua estreia oficial pelo Timão. Ainda que voluntarioso, o garoto de 21 anos de idade demonstrava fragilidades defensivas e cedia espaços à equipe curitibana em dose frequente. Aos 32, Cássio espalmou chute perigoso de Raphael Veiga.

O Corinthians alternou bons e maus momentos ao longo da primeira etapa. Resultado também da falta de entrosamento – Loss não chegou a comandar um treinamento sequer com essa formação nos dias que antecederam o embate. Afora alguns arremates de Pedrinho (e o de Léo no início do duelo), a equipe da casa pouco produziu antes do intervalo.

O desempenho do Timão na segunda etapa, pelo menos nos 20 minutos iniciais, prosseguiu morno. A equipe de Osmar Loss tentava criar oportunidades de gol, mas sua saída de bola era lenta e não incomodava o Atlético-PR, que tinha o contra-ataque como uma de suas principais armas. A inércia corinthiana obrigou Osmar a mexe no time pela primeira vez.

Aos 22 minutos, Mateus Vital entrou no lugar de Clayson, dono de atuação discreta. A intenção de era que o Timão retomasse o controle do jogo, voltasse a trocar passes com eficiência na frente e fizesse Santos trabalhar. O goleiro do Atlético-PR parecia mero expectador do embate.

Loss também chamaria os reservas Ángelo Araos e Danilo, que substituíram Jadson e Danilo. De certo modo, o Corinthians até melhorou nos minutos finais, mas pouco para quem necessitava dos três pontos na Arena.

Nos fim das contas, os 28.455 torcedores que pagaram ingresso assistiram a um Timão pouco inspirado diante de um Atlético-PR idem.

Por dentro da sequência do Corinthians

04 Ago, Sáb, 21h00 - Corinthians x Atlético-PR - Brasileiro
08 Ago, Qua, 21h45 - Colo-Colo x Corinthians - Libertadores
12 Ago, Dom, 16h00 - Chapecoense x Corinthians - Brasileiro
15 Ago, Qua, 21h45 - Chapecoense x Corinthians - Copa do Brasil
18 Ago, Sáb, 19h00 - Corinthians x Grêmio - Brasileiro
22 Ago, Qua, 21h45 - Fluminense x Corinthians - Brasileiro
25 Ago, Sáb, 19h00 - Corinthians x Paraná Clube - Brasileiro
29 Ago, Qua, 21h45 - Corinthians x Colo-Colo - Libertadores
01 Set, Sáb, 19h00 - Corinthians x Atlético-MG - Brasileiro
05 Set, Qua, 21h45 - Ceará x Corinthians - Brasileiro

Veja mais em: Crônica e Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes