Fluminense 1 x 0 Corinthians - Brasileiro 2018

Brasileiro 2018 - Fluminense 1 x 0 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/22-08-2018/brasileiro_2018/fluminense-1-x-0-corinthians

02:00

2018-08-22T21:45:00

Corinthians Corinthians 0 x 1 Fluminense Fluminense

Brasileiro 2018

Sobre a Partida

Com um a menos, Corinthians é presa fácil no Maracanã e perde a terceira seguida no Brasileiro

O Corinthians foi presa fácil para o Fluminense na noite desta quarta-feira. Não apenas pelo futebol apático apresentado pelo time comandado por Osmar Loss, mas também porque viu Romero ser expulso de forma um tanto contestável no primeiro tempo. No fim das contas, derrota por 1 a 0 no estádio do Maracanã, em duelo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O único gol da partida foi anotado por Gum. O zagueiro se aproveitou de falha geral da defesa corinthiana e marcou de joelho após falta do lado direito. O Timão chegou a pressionar no fim, mas não obteve sucesso nas investidas e volta a São Paulo com a terceira derrota consecutiva na bagagem.

Leia também: Romero recebe primeiro cartão vermelho em 203 partidas com a camisa do Corinthians

Loss, assim como havia sido na derrota para o Grêmio do último sábado, voltou a optar por esquema tático sem centroavante. O Corinthians que iniciou o embate teve: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho, Jadson (capitão) e Clayson; Romero.

Escalação Corinthians x Fluminense

Meu Timão

Do outro lado, Marcelo Oliveira mandou o Fluminense a campo da seguinte forma: Júlio César; Gilberto, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Dodi, Jádson e Sornoza; Everaldo e Pedro.

Agora oitavo colocado, ultrapassado pelo Cruzeiro, o Corinthians volta a campo no sábado, quando encara o Paraná Clube na Arena Corinthians, em Itaquera, às 19h, pela 21ª rodada. O time alvinegro segue com 26 pontos.

Assista ao último Saudações Corinthianas!

O jogo

Caro leitor, gostaríamos de contar aqui que o Corinthians fez contra o Fluminense uma de suas melhores partidas sob o comando de Osmar Loss. Que, mesmo sem um centroavante de ofício, a equipe subiu de produção ofensivamente e fez o goleiro adversário suar a camisa para sair de campo sem sofrer gols. Que empolgou o corinthiano mais pessimista com relação ao futuro dentro do Brasileirão.

Longe disso. O primeiro tempo do Timão no Maracanã foi desastroso, com uma ou outra oportunidade criada pelo ataque. Romero, improvisado como falso 9, tentava o primeiro combate, mas era pouco efetivo na marcação. Já Clayson, que vem acumulando atuações ruins em sequência, errava praticamente tudo o que tentava, com direito a passes de poucos metros de distância interceptados facilmente pelo Fluminense.

Aos 17 minutos, o Corinthians deixou livre dentro da área ninguém menos que o artilheiro do Campeonato Brasileiro, Pedro, que cabeceou em direção à pequena área. O zagueiro Gum, atento à jogada e também desmarcado, tentaria desviar de testa. Ralf até salvou sobre a linha, mas o defensor ficou com a sobra e finalizou de joelho, abrindo o placar do Maracanã.

Romero acertou golpe no rosto de Digão e foi expulso no primeiro tempo

Romero acertou golpe no rosto de Digão e foi expulso no primeiro tempo

Reprodução/Premiere

A situação pioraria aos 41 minutos, quando Romero, em ato destemperado, acertou o braço esquerdo no rosto de Digão, que ficou caído no gramado. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro, depois de muito conversar no rádio (possivelmente com seus auxiliares), mostrou cartão vermelho ao atacante paraguaio, deixando o Timão com um jogador a menos.

A decisão do juiz gerou revolta nos corinthianos. O auxiliar Dyego Coelho, ao lado de Loss no banco de reservas, trocou palavras e gestos com o árbitro mineiro e também foi expulso antes mesmo do intervalo.

Coelho também acabou expulso, por reclamação

Coelho também acabou expulso, por reclamação

Reprodução/Premiere

Fora a expulsão de Ángel, Ricardo Marques deu outros dois cartões amarelos a atletas do Corinthians: Ralf, por suposta falta em Ayrton Lucas (imagens da transmissão flagraram o volante evitando o choque antes de o lateral saltar e chamar a falta); e Pedro Henrique, por matar contra-ataque dos donos da casa.

“Mais uma vez numa jogada, falta lateral, bateram bem e saiu o gol. Agora com um expulso temos que nos organizar, jogar mais com a bola para fazer os gols”, analisou Jadson, decepcionado, antes de descer para o vestiário.

Ainda que com dez e atrás do placar, Loss não fez qualquer mudança no intervalo. Armou o Corinthians num 4-3-2, com Clayson e Pedrinho como homens mais ofensivos.

Fato é que o futebol do Timão parecia ter ficado em São Paulo, esquecido na viagem para o Rio de Janeiro. O Corinthians de Loss pouco incomodou o goleiro Júlio César. Ao mesmo tempo, Cássio era testado e se virava como podia. Aos três minutos, por exemplo, defendeu chute dificílimo de Gilberto – e defenderia outro em sequência, mas este já invalidado pela arbitragem. Já aos 29 minutos, Sornoza bateu forte, rasteiro, e exigiu uma ponta do camisa 12, que evitou o segundo dos cariocas no Maracanã.

Do começo do jogo até os 30 minutos do período final, o Corinthians havia chutado somente duas vezes: um cabeceio fraco de Romero e uma finalização torta desferida por Fagner. Pouco para o atual campeão brasileiro. Pouco para a equipe que venceu as últimas duas edições do Estadual mais exigente do país.

Sem nada a perder a essa altura, Loss colocou Jonathas, Mateus Vital e Ángelo Araos nos respectivos lugares de Ralf, Pedrinho e Jadson. Só restava uma opção: buscar o gol na base do “abafa” e quem sabe conquistar um ponto heroico na capital carioca.

Mas a verdade, caro leitor, é que o Corinthians teve mais uma noite para esquecer no Maracanã e não merecia sair de campo sequer com o empate.

Abre o olho, Loss...

Confira os próximos jogos do Corinthians

Ficha técnica de Fluminense 1 x 0 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Jornalista Mário Filho, Rio de Janeiro, RJ
Data: 22 de Agosto de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer
Gol: Gum (Fluminense)
Cartões amarelos: Gum (Fluminense); Pedro Henrique e Ralf (Corinthians)
Cartão vermelho: Romero (Corinthians)
Público: 7.856 pagantes (público total: 8.444)
Renda: R$ 199.795,00

FLUMINENSE: Julio Cesar; Gilberto, Digão, Gum, Ayrton Lucas, Dodi (Marcos Junior), Richard, Jadson (Mateus Norton), Sornoza, Everaldo (Matheus Alessandro) e Pedro.
Técnico: Marcelo Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Jonathas) e Douglas; Pedrinho (Mateus Vital), Jadson (Ángelo Araos) e Clayson; Romero.
Técnico: Osmar Loss

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Fluminense 1 x 0 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes