Corinthians cresce no segundo tempo, bate o Ceará e abre boa vantagem na Copa do Brasil

Corinthians Corinthians 3 x 1 Ceará Ceará

Copa do Brasil 2019

Corinthians cresce no segundo tempo, bate o Ceará e abre boa vantagem na Copa do Brasil

44 mil visualizações 567 comentários Comunicar erro

Corinthians largou na frente nos confrontos pela terceira fase da Copa do Brasil

Corinthians largou na frente nos confrontos pela terceira fase da Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Depois de um bom clássico contra o Santos no domingo, o Corinthians viajou a Fortaleza para confronto importante pela terceira fase da Copa do Brasil. Na Arena Castelão, a equipe alvinegra encarou o Ceará, no confronto de ida. Mesmo com campo muito castigado pela chuva, que chegou a atrasar a partida, o Timão saiu na frente pela classificação.

Com gols de Júnior Urso, Vagner Love e Jadson, os comandados de Carille venceram por 3 a 1, abrindo uma boa vantagem para o duelo de volta, marcado para o dia 3 de abril.

A equipe, então, pode perder até por um gol de diferença na Arena Corinthians. Nesta edição do torneio nacional, vale lembrar, não há gol qualificado fora de casa.

Uma mudança!

Ainda sem Gustavo e com bom rendimento no clássico contra o Santos, esperava-se que o Corinthians repetisse a escalação para o embate desta quarta-feira. Fábio Carille, porém, promoveu uma alteração na equipe titular.

Ainda se queixando de dores no ombro esquerdo, Pedrinho ficou no banco de reservas, dando lugar ao atacante Vagner Love. O Timão, então, entrou em campo com Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Vagner Love, Boselli e Clayson.

Corinthians veio a campo com uma alteração em relação ao time que jogou contra o Santos

Meu Timão

Lisca, por sua vez, escalou o time do Ceará com Richard, Samuel Xavier, Eduardo Brock, Luiz Otávio e João Lucas; Juninho, Fabinho e Felipe Silva; Ricardinho, Chico e Roger.

Agenda

Depois da partida pela Copa do Brasil, o Corinthians volta suas atenções ao Campeonato Paulista. Neste domingo, às 16h, a equipe recebe o Oeste, em Itaquera.

Primeiro tempo

Após 20 minutos de atraso por conta da chuva, o jogo começou movimentado na Arena Castelão. Dono da casa, o Ceará parecia disposto a aproveitar a condição do gramado. Em três minutos, foram três chutes de fora de área, obrigando Cássio a fazer suas primeiras defesas na partida.

Rapidamente, porém, o Corinthians começou a equilibrar as coisas. Depois de alguns minutos chegando na base do chutão, a equipe alvinegra botou a bola no chão e criou grande chance. Após boa enfiada de Sornoza, Love apareceu livre, mas sofreu um tranco e acabou chutando fraco - para os especialistas, pênalti não marcado por Leandro Vuaden.

Quatro minutos depois, porém, o Timão chegou ao primeiro gol da partida. Muito participativo, Clayson fez boa jogada pela esquerda e achou Boselli na área. O argentino testou consciente para o meio da área, encontrando Júnior Urso, que tirou do alcance do goleiro Richard e abriu o placar.

Urso marcou com bela assistência de Mauro Boselli

Urso marcou com bela assistência de Mauro Boselli

Reprodução/TV

O tento, porém, não fez com que o time de Carille crescesse na partida. Encontrando muitas dificuldades, o Corinthians viu o Ceará dominar o meio de campo, criando uma série de oportunidades. E o bom momento dos mandantes deu resultado aos 20 minutos da primeira etapa.

Em bola cruzada na entrada da área, Manoel deu um tranco nas costas do adversário, cometendo pênalti na visão de Leandro Vuaden. Na cobrança, Juninho deslocou bem Cássio, empatando a partida.

Depois do gol, as chances foram poucas para ambos os lados. Aos 24, Boselli cruzou bela bola para Love, mas a zaga cearense afastou bem. Do outro lado, Roger e Chico finalizaram com perigo. A grande chance do Timão veio já na reta final da primeira etapa, com chute colocado de Clayson, novamente muito bem na partida.

Segundo tempo

Com o gramado bastante castigado após a primeira etapa, Corinthians e Ceará voltaram ligados dos vestiários. Primeiro, foi o Timão que chegou, com finalização prensada de Sornoza. No escanteio, boa cobrança do equatoriano, mas que passou por todo mundo dentro da área.

Dois minutos depois, foi a vez do Ceará oferecer perigo. Em falta cometida pelo próprio camisa 7, o time nordestino fez jogada ensaiada e Roger finalizou livre, arrancando suspiros da Fiel. Na sequência, João Lucas obrigou Cássio a fazer grande defesa, espalmando para fora.

Com o Ceará dominando as ações da partida, mantendo a posse de bola e circulando a área de Cássio, Carille arriscou sua primeira substituição aos 17 minutos da etapa final: o argentino Mauro Boselli deixou o campo para a entrada de Ramiro, centralizando Vagner Love no comando de ataque.

E a substituição fez efeito imediato. Sumido no jogo, Sornoza meteu belo passe de três dedos para o próprio Love, que protegeu bem contra o zagueiro e bateu forte de canhota para recolocar o Timão na frente do placar. A sétima assistência do equatoriano foi sua última ação no jogo, já que ele deu lugar a Jadson minutos depois.

Em seu primeiro lance centralizado, Love marcou de perna esquerda

Em seu primeiro lance centralizado, Love marcou de perna esquerda

Reprodução/TV

O Corinthians cresceu no jogo e, com muita estrela, o camisa 10 ampliou o marcador. Aos 26 minutos, Danilo Avelar recebeu enfiada de Love e cruzou no segundo pau. Livre de marcação, Jadson bateu colocado de esquerda, no cantinho do gol.

Com a vantagem, o Timão passou a trabalhar mais a bola, criando uma série de outras oportunidades. Aos 30 minutos, Carille sacou Júnior Urso e em sua última substituição, colocou Richard em campo.

Depois de esboçar uma pressão pelo quarto gol, o Corinthians se postou bem e passou a esperar um contra-ataque para, quem sabe, ampliar a vantagem no placar. Enquanto isso, o Ceará tentava levar perigo ao gol de Cássio, mas sem sucesso.

Veja mais em: Copa do Brasil e Crônica.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes