Corinthians cria pouco, perde para Chapecoense e larga em desvantagem na Copa do Brasil

32 mil visualizações 1.556 comentários

Corinthians largou atrás na quarta fase da Copa do Brasil

Corinthians largou atrás na quarta fase da Copa do Brasil

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Chapecoense 1 X 0 Corinthians

Copa do Brasil 2019
17 de abril de 2019, 21:30
Chapecoense 1 x 0 Corinthians
Arena Condá

Em meio ao clima de final do Campeonato Paulista, o Corinthians virou a chave e foi a Santa Catarina encarar a Chapecoense, pela quarta fase da Copa do Brasil. Com uma série de alterações, a equipe de Carille não se encontrou em campo e acabou derrotada por 1 a 0.

Como não há gol fora de casa, qualquer vitória por um gol de diferença em Itaquera leva a decisão para os pênaltis. Para avançar no tempo normal, o Timão precisa de triunfo por dois de vantagem.

O jogo de volta entre as equipes está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30, na Arena Corinthians. Antes disso, porém, o time alvinegro encara o São Paulo, no domingo, pela finalíssima do torneio estadual.

Os escolhidos

Pensando na segunda final do Paulistão, marcada para domingo, o técnico Fábio Carille promoveu sete alterações na equipe alvinegra - três delas pelas ausências de Cássio, suspenso, e Danilo Avelar e Júnior Urso, lesionados.

O Timão, então, começou o jogo com Walter; Michel, Marllon, Henrique e Carlos Augusto; Richard, Ramiro, Sornoza, Jadson e Vagner Love; Boselli.

Escalação recheada de reservas para o jogo em Chapecó

Meu Timão

A Chapecoense de Ney Franco, por sua vez, iniciou o embate com Vagner; Eduardo, Gum, Douglas, Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Gustavo Campanharo e Régis; Aylon e Everaldo.

Primeiro tempo

Os momentos inicias do embate entre paulistas e catarinenses mostrou o que seria o jogo em Chapecó. Com pouco espaço, as duas equipes disputaram muito o meio de campo e a bola sofreu, circulando de um lado pro outro sem grande qualidade. A primeira chance da partida veio aos dois minutos, com cruzamento de Eduardo que surpreendeu Walter - o arqueiro, porém, encaixou.

Sem criatividade, o Corinthians tentou desafogar a bola pelos lados do campos, visto que Jadson e Sornoza estavam muito marcados. Tanto os laterais quanto Love e Ramiro, no entanto, não conseguiram manter a redonda.

A partir dos 15 minutos, a Chapecoense começou a se encontrar. Mesmo sem fazer grande partida, o time da casa começou a arriscar alguns chutes e criar oportunidades. Aos 18, Walter foi exigido e fez grande defesa, após cabeçada de Everaldo.

Aos 25, foi a vez do arqueiro arrancar alguns suspiros da Fiel. Após passe, ele arriscou uma letra e a bola escapou um pouco, mas acabou não saindo de seu controle. E o arqueiro viria a se tornar o personagem da primeira etapa.

Walter fez defesas importantes, mas não evitou primeiro gol da Chapecoense

Walter fez defesas importantes, mas não evitou primeiro gol da Chapecoense

Reprodução/TV

Pouco após os 30 minutos, Everaldo arriscou um belo chute em cobrança de falta e o camisa 1 novamente apareceu bem. A defesa de nada valeu por que, no lance seguinte, a Chapecoense aproveitou sobra de escanteio para marcar, com Aylon, que apareceu livre após a linha de zaga demorar a se reposicionar.

O gol não mudou muito o panorama da partida. Ainda estéril no ataque, o Corinthians só conseguiu a primeira finalização aos 41 minutos, mas sem perigo. Os mandantes, por sua vez, voltaram a ameaçar aos 44, indo para o intervalo com a vantagem no placar.

Segundo tempo

Insatisfeito com o rendimento da equipe alvinegra, Carille voltou com duas trocas dos vestiários: Ralf e Clayson entraram nas vagas de Jadson e Ramiro - o volante, já tinha cartão amarelo.

As trocas não surtiram muito efeito de imediato, visto que os mandantes voltaram melhor. Logo aos dois minutos, Campanharo soltou um foguete no travessão de Walter. Na sequência, outra finalização perigosa.

Com os mesmos problemas da primeira etapa, o Corinthians seguiu produzindo pouquíssimo na segunda metade do jogo. A primeira chance veio aos 11 minutos, em finalização de Sornoza. O chute do equatoriano desviou e quase pegou Vagner de surpresa, mas o goleiro da Chapecoense fez uma grande defesa.

Dez minutos depois, mais uma chance. Boselli saiu da área e enfiou bonita bola para Love. Vagner saiu bem e evitou o gol, mas a jogada já estava parada por impedimento. Foi uma das poucas participações do argentino, que não recebeu uma boa bola do meio de campo.

E o Corinthians ameaçou crescer no jogo. Em duas chegadas, Clayson apareceu pela esquerda e cruzou na área sem sucesso. As bolas aéreas passaram a ser uma alternativa para o Timão, mas a Chapecoense, bem postada, levava a melhor.

Aos 32 minutos, uma grande oportunidade desperdiçada. Michel Macedo deu chutão e Sornoza apareceu livre, até mesmo de goleiro, visto que Vagner saiu mal. O camisa 7, porém, dominou errado e não conseguiu finalizar.

Querendo o empate, o Corinthians seguiu apostando nos cruzamentos na área, seja com a bola rolando ou em bola parada - como escanteio e até mesmo em laterais. Em todas, porém, melhor para o time catarinense.

Com o Timão tentando pressionar, a Chapecoense se postou bem e tentou aproveitar os contra-ataques para matar o jogo. Aos 44, o tento quase veio em falta cobrada por Campanharo. Aylon finalizou livre, mas sem força, nas mãos de Walter.

O jogo continuou nesse ritmo até o fim: Corinthians desesperado errando muitos passes e a Chapecoense rodando a bola para o o relógio correr. Fim de jogo e o Timão precisará reverter a desvantagem em casa se quiser seguir vivo na competição nacional.

Veja mais em: Copa do Brasil e Crônica.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Gilberto

    Ranking: 5972º

    Gilberto 218 comentários

    por @felippe.duarte

    últimos 4 jogos, 3 derrota e 1 empate, teimosia do Carille vai até quando? Time sem criatividade e escalando uns molenga meu Deus!

  • Foto do perfil de ALEXANDRE

    Ranking: 12100º

    Alexandre 77 comentários

    por @alexandre.grilli

    IAI TORCIDA, QUANDO VÃO COMEÇAR A COBRAR O SENHOR Carille QUE VEM ENVERGONHANDO O TORCEDOR NESSES últimos 6-7 JOGOS, JOGANDO UM FUTEBOL medíocre E COVARDE CONTRA TIMES PEQUENOS, NÃO FAZEM UMA JOGADA.. Jadson APOSENTA ANTES QUE você MANCHE SUA CARREIRA. QUERO VER DOMINGO A COBRANÇA, Carille JÁ ESGOTOU OS SEUS créditos COM A TORCIDA.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 20º

    Ramon 22800 comentários

    1556º. por @ramon.felipe1

    Pra variar mais um jogo nojento do Corinthians.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 59º

    Paulo 9141 comentários

    1555º. por @pc.olimpia

    Time sem alma, sem motivação, sem entusiasmo, enfim Corinthians IRRECONHECÍVEL.

  • Foto do perfil de Damiana

    Damiana 34 comentários

    1554º. por @damiana.maria.de.jes

    Cássio você ' é o talismã do Corinthians! A fiel está com vc' traga pra nós o tricampeonato. Deus te abençoe. E ilumine todos vcs' domingo principalmente a frente do seu goooool?

  • Foto do perfil de Alexandre

    Ranking: 17º

    Alexandre 23176 comentários

    1553º. por @alexandre.sccp1

    Acho o seguinte. Temos um elenco grande. Onde podemos ter duas equipe. A titular e a reserva. Treina Las todos os dias e no dia do jogo em si. Quando atuar a equipe reserva, um vai saber onde o outro esta, vai saber como gosta de receber a bola, entre outras coisas mais. Porque treinam junto. Seria ter o time A e o time B. Simples. Melhor do que ficar mesclando algo que não dá certo. Mais uma derrota, time jogando mal. Não produzindo nada. Agora temos que correr na próxima quarta para conseguir a classificação. É possível. Sim lógico que é. Mas não seria necessário se desde o o início de março, quando a equipe começou a se encorpar já tivéssemos isso bem definido pelo nosso treinador que ainda está encontrando peças. Mas ok não adianta chorar pelo leite derramado e sim correr para resgatar. E conseguir a classificação. Time para isso temos, basta é encontrar o futebol

  • Foto do perfil de paulo

    Ranking: 2219º

    Paulo 666 comentários

    1552º. por @loco.e.poco

    O cara tá armando o time tudo errado time horrível na real já era pra ter saido contra o 7antos sem futebol com medo tá levando muita sorte tomara que domingo leve essa sorte também porque futebol esquece

  • Foto do perfil de William

    Ranking: 491º

    William 2219 comentários

    1551º. por @william.fernandes2

    Mano, não assisti o jogo
    Mas acertei a budega do placar.
    Minha esposa perguntou se eu não iria assistir o jogo
    Respondi
    hoje é jogo chato, ou o Corinthians empata ou perde por diferença de um gol...

  • Foto do perfil de Lucas

    Lucas 9 comentários

    1550º. por @lucas.falcao4

    Carille é limitadissimo. Time só joga uma bola. Além de queimar todos jogadores abaixo de 25 anos. Em determinado momento do jogo contra a Chape estava 13 chutes pra eles contra 02 do Corinthians e ele troca Jadson por Richard.
    Só na cabeça do teimoso o Jadson é ponta.

  • Foto do perfil de Rodrigo

    Ranking: 4354º

    Rodrigo 322 comentários

    1549º. por @rodrigo.luni

    O Carille tem sua parcela de culpa sim mas essa linha de defesa é a mais fraca do Corinthians dos últimos tempos, nossa sorte é que temos o Cássio no gol, mesmo a defesa deixando o Cássio todo o tempo exposto, não temos mais nenhum defensor do nível de Balbuena ou Gil, tirando o Fagner na lateral não temos mais nenhum em bom nível, o meio de campo não cria e não articula com qualidade porquê Sornoza ou Jadson não conseguem dar qualidade como deviam e quando algum atacante recebe a bola é só bola ruim e eles têm que deixar o ataque pra buscar a bola ou ajudar na marcação. É uma combinação de vários fatores, não só culpa de uma única pessoa, Carille já teve times melhores do Corinthians pra trabalhar.