Os números e os momentos marcantes da campanha do Corinthians até o hepta brasileiro

13 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Um título no futebol não é só construído com vitórias, empates e derrotas. Diversos momentos, marcas e detalhes compõem uma campanha de sucesso, e o heptacampeonato brasileiro do Corinthians, confirmado na noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, em Itaquera, não foge à regra.

Do empate com a Chapecoense na primeira rodada à vitória sobre o Fluminense na 35ª, o Meu Timão relembra algumas histórias e curiosidades que marcaram a campanha do Timão, como o drible desconcertante de Pedrinho contra o Botafogo e a irreverente entrevista de Guilherme Arana após o Dérbi vencido no Allianz Parque.

O Meu Timão também levanta as principais estatísticas em torno da sétima taça nacional conquistada pelo Corinthians, tão contestado por parte da imprensa e de torcedores rivais no início de 2017. Você certamente notará a repetição do adjetivo “melhor” ao fim da matéria, o que comprova o trabalho acima da média conduzido por Carille e sua comissão técnica.

LEIA MAIS ESPECIAL:
Corinthians se torna maior campeão da era dos pontos corridos do Brasileirão
Segundo mais jovem treinador campeão brasileiro pelo Corinthians, Carille repete feitos de 95 e 99
Sem fax! Corinthians ultrapassa rivais e se isola como maior campeão brasileiro desde 1971
Danilo iguala Dinei e se torna o segundo tricampeão brasileiro da história do Corinthians
Arena Corinthians, três títulos em três anos; Fiel, maior média do Brasileiro pela décima vez
Jô: segundo título brasileiro, artilheiro de tudo, recordes empilhados e consagrado no Corinthians
O goleiro que virou lenda: Cássio conquista o sétimo título em seis temporadas de Corinthians
Com hepta do Brasileirão, Corinthians se isola como maior campeão da década no país
Décadas douradas em preto e branco: Corinthians conquista 20º título em 20 anos
Corinthians garante dois títulos no mesmo ano pela oitava vez; relembre temporadas super campeãs
Copinha vira talismã e Corinthians volta a ganhar título no mesmo ano; relembre conquistas
Com estaduais à parte, Corinthians é o maior vencedor do futebol brasileiro no Século 21
Dois Brasileiros em três anos! Atual elenco do Corinthians possui doze remanescentes de 2015

Nos próximos dias, o Saudações Corinthianas, quadro do Meu Timão no YouTube, publicará uma retrospectiva com outros momentos marcantes do hepta alvinegro. Fique ligado!

#1 – Chocolate e liderança

Clayton corre para o abraço após marcar contra o Vasco, em São Januário

Clayton corre para o abraço após marcar contra o Vasco, em São Januário

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em uma noite de altas emoções, o Corinthians venceu o Vasco pelo placar de 5 a 2, em São Januário, em duelo válido pela quarta rodada. Marquinhos Gabriel, Jô, Maycon e Clayton (dois) – que retornaria ao Atlético-MG pouco depois – marcaram para o Timão. O triunfo fez com que a equipe alvinegra assumisse a liderança isolada (e permanecesse por lá até a consumação do título).

#2 – Show de Paulo Roberto e Cássio decisivo em ‘final antecipada’

Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Contra o Grêmio, a “quarta força de São Paulo” entraria de vez na corrida pelo hepta. Com atuação fora de série (e assistência) do volante Paulo Roberto, gol do meia Jadson e pênalti defendido pelo gigante Cássio, o Corinthians bateu o time gaúcho por 1 a 0. Valente Timão na primeira “final antecipada” do Brasileirão!

#3 – Pedrinho incendeia o Botafogo

Drible de Pedrinho sobre jogador do Botafogo marcou vitória na Arena

Drible de Pedrinho sobre jogador do Botafogo marcou vitória na Arena

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A missão do líder diante do Botafogo era evidente: derrotar o oponente carioca para abrir sete pontos de vantagem sobre o Grêmio, segundo colocado. Em uma Arena abarrotada, com mais de 40 mil pagantes, o Timão teve êxito em seu propósito e derrotou o oponente por 1 a 0, gol marcado por Jô – com colaboração considerável do jovem Pedrinho, promessa da base, que incendiou o confronto: ele aplicou um chapéu para cima do volante João Paulo e tocou para a pequena área. Gatito, arqueiro botafoguense, chegou a fazer dois milagres consecutivos, mas não foi páreo para o terceiro: Jô, de pé direito, arrematou rasteiro e botou mais três pontos na conta do Corinthians!

#4 – Salve, Bu!

Arana celebra golaço sobre Palmeiras fora de casa

Arana celebra golaço sobre Palmeiras fora de casa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Guilherme Arana já havia balançado as redes do rival Palmeiras em 2015, ao longo da campanha que rendeu o hexa ao Corinthians. E voltou a marcar em 2017! Com bela atuação do lateral-esquerdo, o Timão se impôs no Allianz Parque e triunfou por 2 a 0. Na saída do gramado, Arana garantiu outro golaço: “Estava até brincando com o Fagner, sempre que venho aqui (no Allianz) faço um golzinho. E, aos meus amigos palmeirenses que estão assistindo lá em casa, um forte abraço!”, emendou o camisa 13.

#5 – Mais gols do que falta?!

Gabriel foi um dos responsáveis pela precisa marcação contra o Sport

Gabriel foi um dos responsáveis pela precisa marcação contra o Sport

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Acredite se quiser: houve um jogo em que o Corinthians fez mais gols do que faltas. Tal feito ocorreu na vitória por 3 a 1 sobre o Sport, na Arena, pela última rodada do primeiro turno. O esquadrão de Carille cometeu somente duas infrações nos 90 minutos, algo raro considerando a característica combativa do futebol nacional. Fair play de sobra, e técnica também!

#6 – Invencibilidade

Carille levou atual time à segunda maior invencibilidade da história do Corinthians

Carille levou atual time à segunda maior invencibilidade da história do Corinthians

Daniel Augusto Jr./Ag.Corinthians

Em 19 de agosto, após mais de 150 dias, o Corinthians voltou a perder uma partida – a primeira no Brasileirão. A invencibilidade de 34 jogos atingida pela equipe de Fábio Carille entrou para a história alvinegra como a segunda maior e motivou a diretoria a entregar uma placa comemorativa a cada profissional do elenco, incluindo membros da comissão técnica e demais envolvidos no departamento de futebol.

#7 – Clayson neles!

Clayson vibra ao marcar gol do empate com Cruzeiro no Mineirão

Clayson vibra ao marcar gol do empate com Cruzeiro no Mineirão

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Apenas um jogador foi capaz de “colocar” Jadson no banco de reservas durante toda a temporada 2017: Clayson. Contratado após o Campeonato Paulista, do qual foi eleito revelação, o meia-atacante chegou a acumular quatro gols em três rodadas consecutivas (São Paulo, Cruzeiro e Coritiba). A ascendência notória do camisa 25 forçou Carille a mexer no chamado time ideal, e Jadson perdeu espaço.

#8 – Digam ‘xis’!

Romero fez selfie após abrir o placar contra Palmeiras na Arena

Romero fez selfie após abrir o placar contra Palmeiras na Arena

Reprodução/TV

O primeiro gol corinthiano sobre o Palmeiras no Dérbi disputado na Arena foi marcado por Romero. Ao comemorar o tento, uma ação inusitada por parte do atacante paraguaio: ele pegou um celular das mãos do fotógrafo oficial do clube, Daniel Augusto Jr., juntou seus companheiros e registrou o momento de euforia com uma selfie. Um verdadeiro mito! Dentro de campo, deu Corinthians: triunfo por 3 a 2.

#9 – Waaaaaaaaaalter!!!

Walter comemora junto com a Fiel defesa de pênalti

Walter comemora junto com a Fiel defesa de pênalti

Reprodução/TV

Walter foi protagonista de dois dos momentos mais marcantes do hepta corinthiano. Reserva de Cássio, o goleiro recebeu a primeira oportunidade no ano diante do Atlético-PR na Arena da Baixada, no último dia 8. Apesar da falta de ritmo, não deixou a desejar e defendeu pênalti batido por Nikão, enlouquecendo a Fiel presente em Curitiba e contribuindo para a vitória pelo placar mínimo. No fim da partida, porém, se lesionou ao bater tiro de meta e precisou ser substituído, deixando o gramado às lágrimas. Um duro baque para quem aguardou tanto tempo por uma chance...

#10 - Dia de Jô!

Jô marco dois dos três gols corinthianos no jogo do título

Jô marco dois dos três gols corinthianos no jogo do título

Reprodução/TV

O artilheiro do Corinthians voltaria a ser decisivo – e no melhor momento possível. Contra o Fluminense, no primeiro “match point” do Brasileirão, fez dois gols e comandou a virada histórica para cima do Fluminense. De quebra, o camisa 7 reassumiu a artilharia da Série, com 18 gols. Quer gol? Chama o Jô!

Estatísticas do hepta

  • Jogos: 35
  • Vitórias: 21
  • Empates: 8
  • Derrotas: 6
  • Aproveitamento: 67,6%
  • Gols marcados: 48
  • Gols sofridos: 24

Marcas alcançadas pelo Corinthians de Carille

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Elenco do Corinthians e Heptacampeonato brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, na Arena

    Corinthians recebe Cruzeiro para tentar reencontrar caminho das vitórias no Brasileirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Eduardo Tanque ao lado de André Santos no Corinthians

    Promessa de 17 anos assina com o Corinthians e já treina no CT; jovem é agenciado por André Santos

    ver detalhes
  • Timão busca recuperação após semana difícil

    Corinthians reencontra o Franca para esquecer vice e tentar primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Corinthians precisa de um empate para confirmar vaga nas quartas de final da Libertadores

    Corinthians encara Libertad Limpeño para confirmar classificação às quartas da Libertadores Feminina

    ver detalhes
  • Cássio, Manoel e Gil não ficam à disposição de Fábio Carille contra o Cruzeiro

    Com três desfalques, Corinthians divulga relacionados para duelo com Cruzeiro; veja provável time

    ver detalhes
  • Urso apareceu em campo pela primeira vez desde que lesionou a coxa direita

    Júnior Urso volta a treinar em campo e se aproxima de retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: