Oswaldo Brandão

Técnico

Oswaldo Brandão

Biografia

Oswaldo Brandão é o mais carismático e maior técnico que já dirigiu o Corinthians.

Oswaldo Brandão nunca anotou um gol pelo Corinthians e nunca sequer entrou dentro das quatro linhas pra defender o Timão. Mas é sem dúvida alguma uma das figuras mais queridas da história do alvinegro do Parque São Jorge .

Técnico campeão do IV centenário (1954) e do título que colocou fim ao jejum de quase 23 anos, (1977), Oswaldo Brandão tem o seu nome marcado eternamente na história do Corinthians.

Após a conquista do título do IV Centenário, Oswaldo Brandão ficou a frente do Corinthians por 3 anos, até que foi demitido após uma derrota que culminou com a perda do título de 1957. Oswaldo Brandão então passou por outros times da capital paulista e conquistou alguns títulos importantes.

Durante o período que o Corinthians viveu o jejum de títulos, Oswaldo Brandão chegou a ser supervisor de Aymoré Moreira no Corinthians. Mas sem o esperado sucesso nessa função.

Quis o destino que Oswaldo Brandão retornasse ao Corinthians em 1977 para ser o técnico que tiraria o Corinthians da fila de títulos paulistas.

Durante a campanha de 77, após a derrota do Corinthians para o Guarani por 1 x 0, Oswaldo Brandão trancou-se no vestiário com os jogadores sem deixar ninguém entrar, nem o então presidente Vicente Matheus, e numa conversa dura e franca disse que o título dependeria única e exclusivamente dos jogadores. A bronca deu resultado. A partir daquele jogo o Corinthians precisava vencer todas as partidas para chegar as finais e assim o fez, ganhando o título após quase 23 anos.

Adepto do Kardecismo, Oswaldo Brandão na manhã da partida decisiva (13/07/1977), entrou no quarto do Basílio e disse “Você vai fazer o gol do título” e explicou que havia sonhado com o lance. Se foi premonição ou jogada psicológica ninguém pode saber, mas o resultado todos nós sabemos. Corinthians 1 x 0 Ponte Preta. Corinthians campeão com gol de Basílio.
Oswaldo Brandão ainda retornaria ao comando técnico do Corinthians no inicio dos anos 80, já com 64 anos. Nessa passagem não conseguiu o mesmo sucesso de antes, mas nada apaga o seu nome da história dos grandes que defenderam - ou comandaram, no seu caso - o Corinthians.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Oswaldo Brandão no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais ídolos

Ezequiel

Ezequiel dentro de campo era certeza de muita raça, dedicação e suor com a camisa do Timão.