Corinthians chega a 50 jogos na temporada: veja números, gols, atletas, torneios e trajetória

Corinthians chega a 50 jogos na temporada: veja números, gols, atletas, torneios e trajetória

7.1 mil visualizações 51 comentários Comunicar erro

Corinthians comemorando segundo gol contra o Goiás, na Arena

Corinthians comemorando segundo gol contra o Goiás, na Arena

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O duelo com o Internacional, no último domingo, no Beira-Rio, marcou o jogo de número 50 do Corinthians na temporada. Por conta do número redondo, o Meu Timão fez um levantamento para ajudar a lembrar a trajetória da equipe alvinegra até aqui em 2019. Confira os números abaixo!

Desse total, foram 22 vitórias, 16 empates e 12 derrotas, com 57 gols marcados (1,14 de média) e 39 gols sofridos (0,78 de média). O aproveitamento, então, foi de 54,66% (82 pontos dos 150 disputados).

Em 2019, o Corinthians disputou 18 partidas do Paulistão, oito da Copa do Brasil, seis da Copa Sul-Americana, 14 do Brasileirão, além de quatro amistosos. A equipe de Carille foi campeã estadual, caiu nas oitavas do torneio nacional, está nas quartas da competição sul-americana e ocupa a sexta colocação da competição nacional.

Os artilheiros

A artilharia do elenco no ano é protagonizada por três jogadores, mas com outros participantes. Os principais são: Gustagol, com 10 gols; Love, com nove; e Danilo Avelar, com seis. Clayson, Pedrinho, Júnior Urso e Boselli vem logo atrás com cinco gols cada um. A sequência fica completa com: Manoel, com três; Mateus Vital, Henrique e Régis, dois cada; Carlos Augusto, Sornoza e Jadson, um gol.

Love, com 9 gols, Gustagol, com 10 gols, são os artilheiros do elenco no ano

Love, com nove gols, e Gustagol, com dez, são os artilheiros do elenco no ano

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Utilização dos jogadores

Os quinze jogadores contratados pelo Corinthians para a temporada atuaram ao menos uma vez nesses oito meses do ano. São eles: Michel Macedo, Gil, Manoel, Bruno Méndez, Richard, Júnior Urso, Matheus Jesus, Sornoza, Ramiro, Régis, Mauro Boselli, André Luis, Gustavo Mosquito, Vagner Love e Everaldo.

Fábio Carille utilizou, ao todo, 46 jogadores. Sendo três goleiros, cinco laterais, dez zagueiros, sete volantes, dez meias e 11 atacantes. O goleiro Filipe, o volante Renê Júnior e o atacante Romero, que fizeram parte do elenco desde o início do ano, foram os únicos que não entraram em campo. O último, aliás, deixou o clube em julho.

Em relação às categorias de base, 12 jovens foram utilizados por Carille. São eles: Caíque França (3), Carlos Augusto (14), Daniel Marcos (2), Léo Santos (4), Pedro Henrique (10), João Victor (3), Belezi (1), Pedrinho (39), Marquinhos (1), Fabricio Oya (1), Janderson (3) e João Celeri (2). Os números são a quantidade de vezes que cada um entrou em campo com a camisa alvinegra.

Ainda tem o fair play

Por fim, ainda trata-se ainda de uma temporada com bastante fair play - o famoso jogo limpo. A equipe tem apenas um cartão vermelho após oito meses: Cássio, diante do Ceará, na Arena, pela Copa do Brasil, numa bola atrasada de Ralf. Nenhum jogador de linha foi expulso após os 50 jogos.

Confira o número de jogos dos atletas que atuaram pelo do Corinthians em 2019

Jogadores que atuaram pelo do Corinthians em 2019
Cássio Ramos Cássio
Jogos disputados: 44
Vagner Silva de Souza Vagner Love
Jogos disputados: 41
Clayson Henrique da Silva Vieira Clayson
Jogos disputados: 40
Danilo Fernando Avelar Danilo Avelar
Jogos disputados: 40
Pedro Victor Delmino da Silva Pedrinho
Jogos disputados: 39
Junior Nazareno Sornoza Moreira Sornoza
Jogos disputados: 39
Ralf de Souza Teles Ralf
Jogos disputados: 37
Fagner Conserva Lemos Fagner
Jogos disputados: 36
Manoel Messias Silva Carvalho Manoel
Jogos disputados: 36
Henrique Adriano Buss Henrique
Jogos disputados: 35
Ocimar de Almeida Júnior Júnior Urso
Jogos disputados: 33
Mateus da Silva Vital Assumpção Mateus Vital
Jogos disputados: 31
Mauro Boselli Mauro Boselli
Jogos disputados: 31
Gustavo Henrique da Silva Souza Gustavo
Jogos disputados: 30
Ramiro Moschen Benetti Ramiro
Jogos disputados: 27
Jadson Rodrigues da Silva Jadson
Jogos disputados: 26
Richard Cândido Coelho Richard
Jogos disputados: 17
Marllon Gonçalaves Jerônimo Borges Marllon
Jogos disputados: 14
Michel Macedo Rocha Machado Michel Macedo
Jogos disputados: 14
Carlos Augusto Zopolato Neves Carlos Augusto
Jogos disputados: 13
Gabriel Girotto Gabriel
Jogos disputados: 12
Pedro Henrique Ribeiro Gonçalves Pedro Henrique
Jogos disputados: 10
Walter Leandro Capeloza Artune Walter
Jogos disputados: 9
Carlos Gilberto Nascimento Silva Gil
Jogos disputados: 8
Matheus Sousa de Jesus Matheus Jesus
Jogos disputados: 8
Everaldo Silva do Nascimento Everaldo
Jogos disputados: 7
Régis Augusto Salmazzo Régis
Jogos disputados: 7
Gustavo Henric da Silva Gustavo Silva
Jogos disputados: 6
André Luis da Costa Alfredo André Luis
Jogos disputados: 5
Bruno Méndez Cittadini Bruno Méndez
Jogos disputados: 5
Leonardo Rodrigues dos Santos Léo Santos
Jogos disputados: 4
Ángelo Giovani Araos Llanos Ángelo Araos
Jogos disputados: 3
Caíque França Godoy Caíque França
Jogos disputados: 3
Janderson Santos de Souza Janderson
Jogos disputados: 3
João Victor da Silva Marcelino João Victor
Jogos disputados: 3
Thiago Beserra Dos Santos Thiaguinho
Jogos disputados: 3
Daniel Marcos Meira Novaes Daniel Marcos
Jogos disputados: 2
João Pedro Celeri Machado João Celeri
Jogos disputados: 2
Sergio Ismael Díaz Velazquez Sergio Díaz
Jogos disputados: 2
Douglas Augusto Soares Gomes Douglas
Jogos disputados: 1
Fabricio Keiske Rodrigues Oya Fabricio Oya
Jogos disputados: 1
Igor Morais Carvalho Igor Morais
Jogos disputados: 1
Lucas Belezi Barbosa Lucas Belezi
Jogos disputados: 1
Marcos Vinicius Sousa Natividade Marquinhos
Jogos disputados: 1
Roger Rodrigues da Silva Roger
Jogos disputados: 1
Total:45 jogadores

Veja mais em: Fábio Carille, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Júnior Urso treinou normalmente nessa segunda após o ocorrido na noite de domingo

    Júnior Urso conta detalhes de assalto sofrido em São Paulo na noite de domingo

    ver detalhes
  • Mauro Boselli comemorando seu gol contra o Botafogo, pelo Brasileirão, na Arena Corinthians

    Em alta, Boselli se torna terceiro artilheiro do Corinthians em 2019; centroavantes lideram a lista

    ver detalhes
  • Jogadores de defesa conversaram com Carille durante treino desta segunda-feira

    Pistas sobre escalação e 'show dos poupados' marcam reapresentação do Corinthians

    ver detalhes
  • Subsede do Japão reencontrou alvinegros que cruzaram o mundo em 2012

    Torcedores do Corinthians cruzam o mundo para primeiro encontro da Gaviões Japão no Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Kauê

    Ranking: 6556º

    Kauê 151 comentários

    por @kaue.goncalves5

    Excelente matéria, muito interessante.

  • Foto do perfil de Wagner

    Ranking: 5º

    Wagner 36405 comentários

    por @wagnho

    Rendimento do time nesses 50 jogos variou muito. Após a parada da copa América é uma outra equipe, evoluímos muito mas podemos evoluir ainda mais. Carille tem que parar de insistir em Love e Sornoza pra início de conversa

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 6474º

    Daniel 154 comentários

    51º. por @daniel.barbosa24

    Em partes concordo, porem não adianta tempo quando o técnico insiste no errado, e em ser orgulhoso, o caso Pedrinho é claro nissu, pois onde Pedrinho foi meia brilhou, e no Timão ele puxa para o meio para brilhar e mesmo com provas desse rendimento, ele diz que Pedrinho é canto..Insistindo naquele sornoza que nunca jogou nada e mesmo assim titular absoluto, mesmo com o vital pedindo passagem..
    Ele não aceita que errou, ele já foi um grande técnico, mais em pouco tempo o sucesso subiu na cabeça dele, e no bolso..
    E agora faz o que bem entende, mesmo vendo o futebol ridículo que desempenhamos esse ano, mesmo com o paulista, pois foi o título mais feio que ganhamos, na sorte e nas mãos de Cássio..
    Da pra conta nos dedos quando joganos bem em 2019, e por incrível pra muitos que pareça, foram quando ele não pode usar o time titular dele ou o esqema tatico dele..
    É só rever.. Não digo só vitória, pois lembra do jogo de volta com o cheirinho? Jogou muito mesmo perdendo, dando gosto de ver e ser aplaudido, pois ele atacou, e não colocou4 volantes pra jogar, já o primeiro jogo ridículo um chute a gol..

    Essas são as procas de como ele voltou da arabia, e deixo claro passado não da redenção pra ele..

    Foto do perfil de Gabriel

    Gabriel 527 comentários

    14/08/2019 às 23h53 por @gabriel.sartori

    Cara entendo o que você tá falando.
    Mas futebol é um esporte de competição.
    Os times brasileiros chegam em desvantagem contra os argentinos na Libertadores pois eles tem mais tempo para treinar a parte TÁTICA e corrigir erros.
    É essa a diferença.

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 6474º

    Daniel 154 comentários

    50º. por @daniel.barbosa24

    Me da 10 % do salário desses caras que te garanto que passaria da hora todo dia treinando.
    ¬¬ chega ser um absurdo você dar credito a ideia de um cara que recebe uma loteria por mês jogar dois jogos por semana..e sim conheço atletas que treinam muito mais e não reclamam..
    estão além de cuidando.da própria saude do bolso..
    E se tiver ruim muda de profissão..
    Eu trabalho muito na minha área..e não é porq trabalho todo dia com uma folga na semana que tenho que reclamar..se eu estiver insatisfeito é só sair.. ¬¬

    Foto do perfil de Guto

    Guto 8 comentários

    16/08/2019 às 15h35 por @guto.viegas

    Se você conseguir fazer 10 minutos de treino (ou jogo) na intensidade física de um atleta profissional, aí sim a sua crítica será válida.

    Esporte profissional é totalmente diferente de jogar uma pelada de vez em quando. Criticar sem analisar todo o contexto, e ainda mais comparando com o seu trabalho, que certamente tem outras exigências, não é correto.

  • Foto do perfil de Guto

    Guto 8 comentários

    49º. por @guto.viegas

    Se você conseguir fazer 10 minutos de treino (ou jogo) na intensidade física de um atleta profissional, aí sim a sua crítica será válida.

    Esporte profissional é totalmente diferente de jogar uma pelada de vez em quando. Criticar sem analisar todo o contexto, e ainda mais comparando com o seu trabalho, que certamente tem outras exigências, não é correto.

    Foto do perfil de Daniel

    Daniel 154 comentários

    14/08/2019 às 23h43 por @daniel.barbosa24

    Pouco tempo pra treina..? Os.cara recebe mais de 200 mil em.media, e jogar dois jogos por.semana é muito?
    Vai lá no meu serviço e falar para o meu patrão que 6 dias.e pouco tempo pra desempenhar uma obrigação..¬¬
    Esses cara tinham que estar voando..tudo é desculpa.. E distância é horario e quantos jogos tem..e gripe de um kkkk

    A maior.razao.da.falta de produtividade é única, PANELA Carille, sornosono como armador.. Seja.love boseli ou gustavo sofrem de oportunidades se não fosse o Fagner e Pedrinho

  • Foto do perfil de Fabricio

    Ranking: 15º

    Fabricio 23345 comentários

    48º. por @alemaoocz

    Evoluir ainda mais.

    Foto do perfil de Wagner

    Wagner 36405 comentários

    14/08/2019 às 12h30 por @wagnho

    Rendimento do time nesses 50 jogos variou muito. Após a parada da copa América é uma outra equipe, evoluímos muito mas podemos evoluir ainda mais. Carille tem que parar de insistir em Love e Sornoza pra início de conversa

  • Foto do perfil de Fabricio

    Ranking: 15º

    Fabricio 23345 comentários

    47º. por @alemaoocz

    Matéria boa demais.

  • Foto do perfil de Gildásio

    Ranking: 5958º

    Gildásio 174 comentários

    46º. por @gildasio.carvalho

    Já são 8 meses entre jogos, e treinamentos esse elenco não pode se queixar de falta de entrosamento e esquema tático. E para ajudar ainda teve a parada da Copa América, então tempo para ajustar a equipe já teve, e tá tendo, com essas semanas sem jogos pelo campeonato brasileiro também ajuda. A questão é técnica, e tática na postura da equipe.

    Foto do perfil de Gabriel

    Gabriel 527 comentários

    14/08/2019 às 14h23 por @gabriel.sartori

    Ao contrário: com essa quantidade de jogos tem pouco tempo pra treinar.
    Ao contrario da argentina onde se jogam 40 jogos por ano.

  • Foto do perfil de Gabriel

    Ranking: 2335º

    Gabriel 527 comentários

    45º. por @gabriel.sartori

    Cara entendo o que você tá falando.
    Mas futebol é um esporte de competição.
    Os times brasileiros chegam em desvantagem contra os argentinos na Libertadores pois eles tem mais tempo para treinar a parte TÁTICA e corrigir erros.
    É essa a diferença.

    Foto do perfil de Daniel

    Daniel 154 comentários

    14/08/2019 às 23h43 por @daniel.barbosa24

    Pouco tempo pra treina..? Os.cara recebe mais de 200 mil em.media, e jogar dois jogos por.semana é muito?
    Vai lá no meu serviço e falar para o meu patrão que 6 dias.e pouco tempo pra desempenhar uma obrigação..¬¬
    Esses cara tinham que estar voando..tudo é desculpa.. E distância é horario e quantos jogos tem..e gripe de um kkkk

    A maior.razao.da.falta de produtividade é única, PANELA Carille, sornosono como armador.. Seja.love boseli ou gustavo sofrem de oportunidades se não fosse o Fagner e Pedrinho

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 6474º

    Daniel 154 comentários

    44º. por @daniel.barbosa24

    Pouco tempo pra treina..? Os.cara recebe mais de 200 mil em.media, e jogar dois jogos por.semana é muito?
    Vai lá no meu serviço e falar para o meu patrão que 6 dias.e pouco tempo pra desempenhar uma obrigação..¬¬
    Esses cara tinham que estar voando..tudo é desculpa.. E distância é horario e quantos jogos tem..e gripe de um kkkk

    A maior.razao.da.falta de produtividade é única, PANELA Carille, sornosono como armador.. Seja.love boseli ou gustavo sofrem de oportunidades se não fosse o Fagner e Pedrinho

    Foto do perfil de Gabriel

    Gabriel 527 comentários

    14/08/2019 às 14h23 por @gabriel.sartori

    Ao contrário: com essa quantidade de jogos tem pouco tempo pra treinar.
    Ao contrario da argentina onde se jogam 40 jogos por ano.

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 6474º

    Daniel 154 comentários

    43º. por @daniel.barbosa24

    Sornoza 39 jogos? Parece que foram 100 já pelo tamanho da raiva que esse #[email protected]% da.

  • Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 14º

    Carlos 24165 comentários

    42º. por @carlao.67

    Rendimento baixo