Edílson, Ídolo do Corinthians

Atacante

Edílson

Biografia

Títulos, dribles, gols e diabruras. O bom baiano Edílson “Capetinha” fez de tudo enquanto defendeu o Corinthians.

Originalmente jogador de meio campo, Edílson viveu a sua melhor fase no Corinthians, quando foi convencido a atuar de atacante.

Jogador de drible fácil, extremamente veloz e habilidoso, o “Capetinha” aprontou várias coisas no período em que defendeu o alvinegro do Parque São Jorge.

Peça fundamental no ataque daquele que é considerado por muitos o melhor time do Corinthians dos últimos tempos, Edílson sempre deixou sua marca nas mais importantes conquistas.

Durante o Campeonato Mundial em janeiro de 2000, Edílson disse, as vésperas do jogo contra o Real Madrid (Esp), que passaria uma bola por entre as pernas do zagueiro Karembeu. E não só fez isso como na conclusão da jogada fez o gol.

Mas antes desse fato Edílson já tinha aprontado outra diabrura. Aos 31 minutos do segundo jogo da final do campeonato paulista de 1999, contra o time do parque antártica, Edílson recebe a bola no meio de campo e começa a fazer embaixadinhas passando a bola por trás da cabeça. Após esse lance alguns dos jogadores do time adversário partem pra cima, querendo agredí-lo e então o jogo termina com uma confusão generalizada e festa dos corinthianos na arquibancada com mais um titulo paulista para o Timão.

Edílson encerraria a sua carreira no Corinthians após uma confusão com torcedores que foram cobrar alguns jogadores no Parque São Jorge após mais uma eliminação em libertadores da América, por[em aquelas embaixadinhas no jogo contra o time do parque antártica e o gol no mundial, em cima do Real Madrid estarão pra sempre na memória da fiel!

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Edílson no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes