2005 - Corinthians 7x1 Santos

2005 - Corinthians 7x1 Santos
Tevez, o carrasco santista, marcou três dos sete tentos do Corinthians na partida
Pacaembu
,
Corinthians Escudo do Corinthians
7 x 1
Santos Escudo do Santos

Ficha Técnica

Placar: Corinthians 7 x 1 Santos

Data: 06.nov.2005

Estádio: Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu)

Campeonato: Brasileiro

Público: 21.918 pagantes

Escalação: Fabio Costa; Marcelo Mattos, Marinho, Wendel e Eduardo Ratinho; Bruno Octávio (Wescley), Rosinei, Carlos Alberto e Hugo; Tevez (Jô) e Nilmar. Técnico: Antônio Lopes

Ídolos que jogaram

No dia 6 de novembro de 2005, o Corinthians disputou um clássico no Pacaembu, válido pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2005. Todos pensavam que seria um jogo difícil. No entanto, logo aos 42 segundos, Rosinei abriu o placar para o Timão. O Santos até chegou a empatar com gol de Genílson. Depois disso, virou um massacre.

Aos dez minutos, Nilmar invadiu a área e mandou uma bola na trave. Era só o começo. Passaram-se onze minutos e Tevez recebeu dentro da área para marcar o segundo tento corinthiano. Ele ainda fez o terceiro e foi comemorar ao seu estilo, dançando a famosa cumbia na lateral do campo, junto à torcida do Corinthians.

Os times foram para o intervalo com o placar de 3 a 1. Na segunda etapa, Tevez continuou comandando o chocolate. Em uma jogada entre ele e Nilmar, o argentino finalizou para anotar o terceiro dele, o quarto do Timão. Logo depois, foi a vez de Nilmar deixar o dele após rebote do goleiro. Mesmo com o placar de 5 a 1, o Corinthians não diminuiu o ritmo.

Tevez saiu do gramado muito aplaudido ao ser substituído por Jô, que em sua primeira jogada levou a bola até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Nilmar. Mais um para o Timão. A torcida do Santos, a essa altura, já estava em casa, na praia, em qualquer lugar, menos no Pacaembu. Como já tinham ido embora, nem puderam ver o último gol.

Nos momentos finais da partida, numa falta na entrada da área, Marcelo Mattos, que nem era o cobrador oficial, também quis deixar o dele. Assim, deu o resultado definitivo ao duelo: 7 a 1 para o Corinthians. Até hoje, bandeiras com a escrita “Eterno 7 x 1” acompanham os clássicos entre Corinthians e Santos nas arquibancadas.

Comentários

x