1983 - Corinthians 1x1 São Paulo

1983 - Corinthians 1x1 São Paulo
Jogodores comemoram o gol no primeiro jogo da final que levaria o Corinthians ao bi-campeonato.
Morumbi
,
Corinthians Escudo do Corinthians
1 x 1
São Paulo Escudo do São Paulo

Ficha Técnica

Placar: Corinthians 1 x 1 São Paulo

Data: 14.dez.1983

Estádio: Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi)

Campeonato: Paulista

Público: 88.085

Escalação: Leão; Alfinete, Mauro, Juninho e Wladimir; Paulinho, Sócrates e Zenon; Biro-Biro, Casagrande (Wagner) e Eduardo.

Técnico: Jorge Vieira
 


Se no ano anterior o time do São Paulo era o favorito, nesse 1983 as coisas eram mais equilibradas, mas o Corinthians tinha um fator muito forte extra-campo: a Democracia Corinthiana. O esquema de trabalho era o mesmo do ano anterior, todos com o mesmo poder de decisão, através de voto direto.

O time do Corinthians havia se reforçado para a disputa desse ano, alguns jogadores chegaram e a base de 1982 foi mantida. Na semi-final o Corinthians passou pelo Palmeiras, o que sempre dá um moral ótimo pra uma decisão.

No primeiro jogo das finais o Corinthians venceu por 1x0, gol de Sócrates. E, como no ano anterior, o Corinthians tinha a vantagem do empate para se sagrar Bi-Campeão Paulista.

O jogo começa num clima muito favorável ao bom espetáculo, as duas equipes buscando o ataque e várias jogadas de ataque são criadas pelas duas equipes. Criadas e desperdiçadas.

Ainda no primeiro tempo o time do São Paulo faz um gol, mas o bandeirinha acertadamente anula, alegando impedimento.

O segundo tempo segue da mesma forma, jogadas de perigo para os dois lados. Clima de decisão e quanto mais o tempo passava mais o jogo ficava nervoso, até que aos 46 minutos do segundo tempo Zenon faz uma linda jogada na entrada área e inteligentemente toca de calcanhar para o Doutor Sócrates que estava passando e entrando na área. Sócrates domina e toca pro fundo do gol. Corinthians 1 x 0 São Paulo.

A torcida invade o gramado pra comemorar o bi-campeonato, mas o arbitro Dulcídio Wanderley Boschilia pede para a policia tirar os torcedores do campo e reinicia a partida. Aos 48 minutos o São Paulo ainda empata a partida, mas quase ninguém no estádio vê o gol e ao final da partida a torcida do Corinthians era só festa, comemorando o bi-campeonato paulista.
 

Comentários

  • 1000 caracteres restantes