1995 - Grêmio 0x1 Corinthians

1995 - Grêmio 0x1 Corinthians
Apesar da violência gremista, o Corinthians superou o favorito e levou o título ainda inédito da Copa do Brasil
Olímpico
,
Escudo do Grêmio Grêmio
0 x 1
Corinthians Escudo do Corinthians

Ficha Técnica

Jogo: Campeão Copa do Brasil

Placar: Grêmio 0 x 1 Corinthians

Data: 21.jun.1995 ESTÁDIO: Estádio Olímpico (RS)

Campeonato: Copa do Brasil

Público: 47.352 pagantes

Escalação: Ronaldo; André Santos (Vítor), Célio Silva, Henrique e Silvinho; Zé Elias, Bernardo, Marcelinho e Souza; Viola e Marques (Tupãzinho). Técnico: Eduardo Amorim.

Final da Copa do Brasil contra o forte time do Grêmio de Luis Felipe Scolari. Resultado? Duas vitórias do Timão e título inédito!

O time do Grêmio era o “papão” da época. Tinha um elenco forte, jogadores talentosos e o espírito brigador característico dos times do sul.

O Corinthians chegou a essa final após passar pelo Vasco nas semi-finais, mas não era o favorito. Primeiro jogo, no Pacaembu, vitória do Corinthians por 2x1. Ao Grêmio bastava uma vitória simples para ficar com o título.

O jogo foi uma guerra. Seguranças do Grêmio tentaram impedir o Corinthians de entrar em campo para o aquecimento e após uma confusão entre seguranças das duas equipes e jogadores do Corinthians, o aquecimento foi feito no campo. Primeira vitória psicológica do Corinthians.

Quando o jogo começou a equipe do Grêmio veio pra cima do Corinthians, que conseguiu segurar o time gaucho bravamente e ainda conseguia encaixar alguns contra ataques.

E assim foi todo o primeiro tempo. Grêmio atacando e o Corinthians se defendendo com inteligência. No segundo tempo o Corinthians continuou se defendendo e o jogo continuou muito pegado, com muitas faltas e jogadas mais pesadas. Até que aos 27 minutos do segundo tempo num contra ataque puxado por Marques, Marcelinho marca o gol do Corinthians, matando de vez as chances da equipe gaucha e deixando a Fiel em festa pelo Brasil.

A equipe do Grêmio, que saiu do Pacaembu na primeira partida comemorando a derrota por 2x1, viu que as suas chances de título tinham ido por água a baixo e deixaram o jogo ainda mais violento após o gol marcado pelo Corinthians.

Mas os jogadores do Timão com inteligência não entraram nas provocações, seguraram o jogo, cadenciaram as jogadas e só esperaram o apito do arbitro Márcio Rezende de Freitas pra comemorar o primeiro título de Copa do Brasil do Corinthians.

Comentários

  • 1000 caracteres restantes