1995 - Corinthians 2x1 Palmeiras

1995 - Corinthians 2x1 Palmeiras
O Corinthians faturou o Campeonato Paulista de 1995 sobre o Palmeiras
Santa Cruz
,
Corinthians Escudo do Corinthians
2 x 1
Palmeiras Escudo do Palmeiras

Ficha Técnica

Placar: Corinthians 2 x 1 Palmeiras

Data: 06.ago.1995

Estádio: Santa Cruz (Ribeirão Preto)

Campeonato: Paulista

Público: 46.594 pagantes

Escalação: Ronaldo; André Santos (Vítor), Célio Silva, Henrique e Silvinho; Bernardo, Zé Elias, Marcelinho e Souza (Tupãzinho); Viola e Marques (Elivélton).

Técnico: Eduardo Amorim

Em 1995, o Corinthians foi campeão da Copa do Brasil, mas ainda tinha mais um desafio pela frente. O clube alvinegro foi para a grande decisão do Campeonato Paulista daquele ano disposto a ficar com a taça sobre o maior rival, o Palmeiras. 

A primeira partida aconteceu no dia 30 de julho e terminou com um empate em 1 a 1. Marcelinho foi o autor do único gol do Timão. Com o resultado, os times foram para o segundo jogo precisando da vitória para levantarem o caneco. 

No dia 6 de agosto, o Palmeiras foi para cima do Corinthians, que soube segurar com tranquilidade o rival. Assim, não se deixou dominar e também criou algumas oportunidades de ataque no Estádio Santa Cruz. O adversário tinha um elenco forte, já que contava com jogadores como Müller, Rivaldo, Antônio Carlos, Roberto Carlos, entre outros.

Por outro lado, o diferencial do Corinthians era o conjunto e a sabedoria de alguns jogadores mais experientes, são os casos do goleiro Ronaldo e do atacante Viola, por exemplo. Ronaldo, inclusive, protagonizou um lance que demonstrou extrema confiança na vitória.

Num chute de Rivaldo, de fora da área, o goleiro corinthiano defendeu a bola a matando no peito. Isso, de certa forma, desestabilizou o meia. Os gols, porém, só saíram no segundo tempo. Num vacilo da defesa do Timão, Nílson abriu o placar para o Palmeiras.

Na jogada seguinte, aos 15 minutos, o Corinthians chegou ao empate. Marcelinho cobrou uma falta na entrada da área e até o atacante Müller foi para baixo da trave tentar defender o chute. No entanto, não teve sucesso e a bola entrou.

Com o confronto empatado em 1 a 1, os dois lados continuaram buscando mais gols, mas os goleiros estavam numa tarde inspirada e pararam os ataques seguintes. Dessa maneira, o embate foi para a prorrogação. Foi então que Tupãzinho rolou a bola na entrada da área para Elivélton soltar uma bomba e marcar o gol do título. Assim, o Timão venceu por 2 a 1.

O Corinthians foi campeão estadual e colocou um fim na hegemonia do time milionário do Palmeiras. Além disso, consagrou uma equipe que jogava com raça e dedicação. Naquela data, enfim, chegou o segundo título da temporada diante de mais de 46 mil pagantes.

Os titulares na 21ª taça do Campeonato Paulista do Timão foram Ronaldo; André Santos, Célio Silva, Henrique e Sylvinho; Bernardo, Zé Elias, Marcelinho e Souza; Marques e Viola. Depois, entraram Vítor, Tupãzinho e Elivélton nas vagas de André Santos, Souza e Marques, respectivamente. O técnico responsável foi o Eduardo Amorim.

Comentários

x