1988 - Guarani 0x1 Corinthians

1988 - Guarani 0x1 Corinthians
Viola comemora o gol que marcou sua estréia e deu o título ao Corinthians
Brinco de Ouro da Princesa
,
Escudo do Guarani Guarani
0 x 1
Corinthians Escudo do Corinthians

Ficha Técnica

Jogo: Campeão Paulista Estréia do Viola

Placar: Guarani 0 x 1 Corinthians

Data: 31.jul.1988

Estádio: Brinco de Ouro da Princesa

Campeonato: Paulista

Público: 49.604

Escalação: Ronaldo; Édson, Marcelo, Denílson e Dida; Biro-Biro, João Paulo e Marcio (Paulinho Gaucho); Viola, Everton (Wilson Mano) e Paulinho Carioca.

Técnico: Jair Pereira

Todos falavam do golaço de bicicleta do Neto na primeira partida, mas bastou um carrinho de Viola pro Corinthians levar o 20º título paulista.

Na primeira partida, disputada uma semana antes no estádio do Morumbi, Neto havia marcado um golaço de bicicleta e a partida havia terminado Corinthians 1 x 1 Guarani. Como o time de Campinas decidiria em casa e era um time recheado de estrelas como Sérgio Neri, Ricardo Rocha, Paulo Isidoro, Neto, Careca, Evair entre outros todos já davam como certa a vitória do Bugre. E ainda se a partida terminasse empatada bastava ao Guarani um empate na prorrogação pra ficar com o título.

A partida começou num ritmo não muito acelerado, mas o Guarani que jogava em casa arriscava mais e fazia o goleiro Ronaldo ir salvando a pátria e garantindo o empate.

O placar Guarani 0 x 0 Corinthians foi se arrastando durante toda a partida e o que ninguém imaginava aconteceu. Fim dos 90 minutos e o placar continuou Guarani 0 x 0 Corinthians.

A partida foi pra prorrogação e o Corinthians precisava ganhar pra ficar com o título e então logo aos 5 minutos do primeiro tempo da prorrogação Viola desvia de carrinho um chute fraco e torto de Wilson Mano (que havia entrado no decorrer do jogo) e marca o único gol da partida.
Viola, que era um garoto vindo das categorias de base, entrou nessa partida com tamanha confiança de que faria o gol do título que jogou com duas camisas e na comemoração do gol correu até a torcida, tirou a camisa que estava por cima e atirou-a para a torcida.

O time do Guarani, que era favorito ao título, parecia não acreditar no que acontecia e após esse gol de Viola tentou se arriscar mais ao ataque, mas sem sucesso graças a uma grande atuação da defesa do Corinthians.

A partida seguiu nervosa, o Guarani tentando algumas jogadas de gol sem conseguir resultado e a garra, a raça do Corinthians fizeram a diferença nessa partida e quando o arbitro apitou o fim de jogo a fiel que havia invadido Campinas fez a festa na casa do adversário.

Corinthians campeão paulista pela 20ª vez.

Comentários

  • 1000 caracteres restantes