1980 - Corinthians 2x0 Ponte Preta

1980 - Corinthians 2x0 Ponte Preta
O elenco do Corinthians que tirou a taça das mãos do Palmeiras de Telê Santana
Morumbi
,
Corinthians Escudo do Corinthians
2 x 0
Ponte Preta Escudo do Ponte Preta

Ficha Técnica

Placar: Corinthians 2 x 0 Ponte Preta

Data: 10.fev.1980

Estádio: Morumbi

Campeonato: Paulista

Público: 90.578 pagantes, 99.419 total

Escalação: Jairo; Luis Claudio, Mauro, Amaral e Wladimir; Caçapava, Biro-Biro e Palhinha; Píter (Vaguinho), Sócrates e Romeu (Basílio).

Técnico: Jorge Vieira

O título de 1979 foi ganho dentro de campo pelos jogadores e fora de campo pelo então presidente Vicente Matheus. O Campeonato Paulista daquele ano ficou marcado pelo Palmeiras de Telê Santana, pelo Guarani, vice-campeão brasileiro de 1978, pela Ponte Preta, vice do estadual de 1977, e pelo Corinthians, que tinha Sócrates e Palhinha.

As semifinais seriam feitas em rodada dupla no Morumbi. O presidente Vicente Matheus entrou na justiça para não jogar naquelas circunstâncias, alegando que o Timão perderia renda, tendo em vista que a torcida do Corinthians era maior que as outras três juntas.

Com isso, a competição ficou parada por dois meses. As equipes esfriaram e só foram disputar as semifinais em 1980. Desse modo, o Timão pegou o Palmeiras numa semifinal e a Ponte Preta enfrentou o Guarani na outra decisão que definiria mais um finalista.

Os resultados fizeram com que Corinthians e Ponte Preta fossem para a final, já que a equipe adversária ganhou as duas partidas do Guarani. Os jogos foram realizados em Campinas. Enquanto isso, o Corinthians empatou o primeiro duelo por 1 a 1 com gol de Palhinha.

Depois, venceu o segundo por 1 a 0 com tento de Biro-Biro. Tais confrontos foram na capital paulista e culminaram na eliminação do Palmeiras. As finais foram em três partidas, assim como em 1977. O Timão venceu a primeira por 1 a 0 através do gol de Palhinha e empatou a segunda num jogo em que as redes não balançaram.

No terceiro e decisivo duelo, em 10 de fevereiro, o Corinthians entrou jogando bem. A dupla Sócrates e Palhinha deu trabalho para a forte zaga da Ponte Preta. Em jogada de Sócrates, então, Palhinha marcou de cabeça, mas o árbitro anulou. Mesmo assim, o Corinthians atacou durante todo o primeiro tempo, mas não abriu o placar por causa do goleiro Carlos.

Aos 11 minutos do segundo tempo, a bola foi passada para Sócrates inaugurar o placar. Mais adiante, aos 23 minutos, Palhinha também anotou o seu. Assim, o resultado final foi de 2 a 0 para o Timão. O confronto teve outras jogadas de ataques, mas sem o mesmo ímpeto inicial. Diante disso, o Corinthians conquistou mais um título. 

Mais de 90.000 pagantes estavam nas arquibancadas do estádio do Morumbi naquela data. A escalação titular de Jorge Vieira teve Jairo; Luís Cláudio, Mauro, Amaral e Wladimir; Caçapava, Biro-Biro e Palhinha; Píter, Sócrates e Romeu. Através das substituições, entraram Vaguinho e Basílio nos lugares de Píter e Romeu, respectivamente. 

Comentários

x